Cerimônia marca o lançamento da moeda social Arariboia em Niterói

Autoridades apresentaram sobre a moeda e entregaram alguns cartões aos beneficiários

Niterói terá a partir de janeiro a Moeda Social Arariboia. Os primeiros beneficiários receberam os cartões na solenidade realizada na tarde de ontem na Sala Nelson Pereira dos Santos. Participaram do lançamento da moeda, o prefeito Axel Grael, o secretário de  Assistência Social e Economia Solidária Elton Teixeira, o prefeito de Maricá Fabiano Horta e o vice-prefeito Diego Zeidan, o ex-senador e atualmente vereador de São Paulo Eduardo Suplicy (PT) e a vereadora Verônica Lima (PT).

Serão contempladas cerca de 30 mil famílias em situação de maior vulnerabilidade social, cadastradas no CadÚnico. O benefício pode variar de acordo com o tamanho da família (de até seis pessoas), chegando a até R$540,00. Com isso, o programa Renda Básica Temporária, criado em abril de 2020 para atender as famílias mais carentes da cidade no período da pandemia do coronavírus, será encerrado em dezembro de 2021.

A moeda social Arariboia faz parte do Programa Municipal de Economia Solidária, Combate à Pobreza e Desenvolvimento Econômico e Social de Niterói, instituído pela Lei Nº 3621, que tem como objetivo principal combater as desigualdades sociais, fomentar o desenvolvimento econômico e social das comunidades e estabelecer meios para atingir a erradicação da pobreza e a geração de emprego e renda para as camadas mais carentes do município, complementando a Política Municipal de Economia Popular Solidária.

O vereador de São Paulo, Eduardo Suplicy é autor do Projeto da Renda Básica de Cidadania quando era Senador. Segundo ele, é uma grande honra poder participar de uma solenidade e está feliz por estarem caminhando na direção efetivamente de colocar em prática aquilo que já é lei no Brasil, desde dezembro de 2002. “ Em novembro de 2003, a Câmara dos Deputado aprovou a criação da Renda Básica de Cidadania e até mesmo o então deputado Jair Bolsonaro votou a favor, mas que providências ele está tomando para que isso seja realidade”, questionou.

E completou que Niterói e Maricá dando esses exemplos para que possa servir de modelo para outras cidades. “Eu quero transmitir a vocês, o que falta para o Paulo Guedes, o Jair Bolsonaro colocar em prática. Precisamos cobrar dos futuros candidatos a presidência para que seja implementada a Renda Básica de Cidadania”, finalizou.

Para o secretário de Assistência Social e Economia Solidária Elton Teixeira, 2021 foi um ano de difícil travessia e muito lhe orgulha finalizar com o lançamento da Moeda Social Arariboia. “Estamos lançando essa moeda em um momento em que Niterói tem 63 mil pessoas em situação de pobreza e pobreza extrema, foi nesse público que a gente pensou quando idealizamos essas políticas públicas.” ressaltou o secretário

Segundo a vereadora Verônica Lima (PT) é muito gratificante como figura pública ter como principal missão cuidar do povo. “ A nossa principal missão é reverter o cenário das desigualdades existentes secularmente no nosso país. O Brasil é um país que concentra muita renda na mão de poucas pessoas. E na outra ponta, 50% do nosso povo que concentra apenas 10% de toda a riqueza desse país.Isso é justo, que as pessoas que construíram e que constrói a riqueza desse país com as suas mãos, com seu suor e dedicação não poderem usufruir daquilo que elas produzem”, questionou.

O vice-prefeito de Maricá, Diego Zeidan frisou que o sonho de todos é poder ver o Renda Básica sendo implementado e um sonho de toda a população dos municípios que veem sendo uma realidade, pode sonhar que isso aconteça em todo o Brasil. “ O sonho é muito ligado a utopia, o que a gente quer para nossa sociedade. A utopia que estamos construindo passa cada vez mais pela afirmação de direitos sociais, pela afirmação da Renda Básica, com políticas públicas”, comentou.

De acordo com o prefeito de Maricá, Fabiano Horta é uma alegria muito grande ver o lançamento desse programa e a saída do Suplicy ressalta um pouco a necessidade que todos tem e a potência que a política tem de despertar os afetos e a capacidade da sensibilidade humana estar presente na vivência. “Quando o Suplicy foi embora, esse auditório inteiro se levantou num gesto de agradecimento, no sentido histórico, numa voz que durante muito tempo foi solitária, defendendo aquilo que o Axel traz hoje”, comentou.

O vice-prefeito Paulo Bagueira contou que só começou a ouvir falar do assunto de uns dois anos para cá, com o ex-prefeito Rodrigo Neves e o então secretário Axel Grael e na Câmara com a vereadora Verônica Lima. “Ouvimos aqui as pessoas que conhecem de fato e tem proximidade do assunto. Eles falam com conhecimento, trazendo essas discussões inclusive na nossa campanha como continuidade de governo. E essa foi uma das propostas que veio lá de trás e que essas discussões foram amadurecendo e hoje estamos tendo uma entrega, de um conjunto de ações para nossa cidade”, disse.

O presidente da Rede Brasileira de Bancos Comunitários e coordenador do Instituto E-Dinheiro Brasil, Joaquim Melo saudou todos os presentes lembrou a criação do banco comunitário em Maricá que se espalhou para todo o Brasil. “ Esse programa além de tudo apresenta três resistências: resistência a igualdade, distribuindo renda e riqueza; a segunda resistência contra a fome, dizer que Niterói não aceita que ninguém passe fome num país que 120 mil pessoas não tem segurança alimentar e terceira contra a desigualdade do sistema financeiro nacional e aqui temos agora um outro modelo de banco”, disse.

De acordo com o prefeito Axel Grael, tem a certeza para mudar a vida das pessoas. “Tenho muito orgulho de ter caminhado junto com o ex-prefeito Rodrigo Neves nos oito anos que ele liderou a cidade de Niterói. Nós juntos fizemos de fato uma transformação em Niterói. A nossa gestão fez com que a cidade avançasse em todo os campos e isso fez toda a diferença, tanto para ele que refletiu na eleição. Começamos a desenvolver os programas lá quando no início da pandemia, desenvolvemos algumas ações para ajudar a população que mais precisou”, finalizou.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.