Cerca de 500 pessoas estão na fila por um leito da rede do SUS

A procura de leitos no estado passa a ser cada vez mais dramática por causa do aumento de casos de Covid-19, e também de acordo com dados Censo Hospitalar, essa procura está sendo ainda mais dificultada devido à existência de vários leitos bloqueados na rede do Sistema Único de Saúde (SUS). O motivo seria mais um problema para o enfrentamento da doença, que é a falta de médicos.

De acordo com o levantamento, cerca de 500 pessoas com Covid-19 ou com suspeita da doença estão na fila por um leito no estado. Ao todo, 485 pessoas estão cadastradas no Sistema Estadual de Regulação, e metade dos pacientes aguarda um leito de UTI, para hospitais que já apresentam lotação. O estado e a prefeitura acenaram com a possibilidade de abertura de novos leitos, o que ainda não ocorreu. Na rede estadual de saúde, 76% das vagas de UTI estão ocupadas. Já nas enfermarias, a taxa de ocupação é de 67%. Na capital, 91% dos leitos de UTI estão ocupados e nas enfermarias, 87%.

Já o governo do estado informou que 130 leitos serão abertos até o dia 18 de dezembro. O governo federal, que é responsável pelos hospitais federais no Rio, disse que reconhece o problema e que o bloqueio de leitos confirma que seria por falta de médicos. O órgão informou ainda que estuda a contratação de mais profissionais ainda este ano.

Governo do Estado cria grupo de trabalho para aquisição da vacina

Um grupo de trabalho foi criado pelo governador em exercício, Cláudio Castro, para o planejamento, aquisição, e acompanhamento da vacinação em massa contra Covid-19 no estado. A determinação foi publicada no DO do estado de quarta-feira (9).

O grupo formado por membros das secretarias da Casa Civil, Saúde, Planejamento e  Gestão; Fazenda; Defesa Civil. A coordenação ficará a cargo do representado indicado pela pasta da Saúde. Na terça-feira (8) Cláudio Castro já havia afirmado que o estado tinha um plano de vacinação em massa, mas que ainda era necessário o aval da Anvisa para implementá-lo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

treze − 12 =