Centenas de pessoas participam do desfile da independência

Centenas de pessoas se reuniram desde a manhã desta quarta-feira (07), na Avenida Ernani do Amaral Peixoto para o desfile cívico-militar e escolar do Dia da Independência. Sob a vista de diversas autoridades, tropas militares e alunos de escolas municipais desfilaram pela via debaixo de um sol forte.
IMG_4726

Antes do desfile, as bandeiras do Brasil, do Rio de Janeiro e de Niterói foram hasteadas – em frente a Câmara de Vereadores – ao som do hino nacional. Pisando forte, militares do Exército Brasileiro abriram o desfile com tropas prestando continência. Dezenas de homens passaram pela Avenida, sendo que alguns estavam fardados com roupas da época da Segunda Guerra Mundial.

Além do Exército, participaram também homens da Polícia Militar, do Corpo de Bombeiros, além de guardas-municipais. Depois foi a vez dos alunos de mais de cem escolas do município.

IMG_5110

Participam do desfile as escolas municipais Tiradentes, José de Anchieta, Alberto Francisco Torres, Jacinta Medela, Ayrton Senna, Adelino Magalhães, Julia Cortines e Anísio Teixeira, além da Banda Santa Cecília, o Projeto Gugu, a APAE, os Escoteiros, o Colégio Salesiano Santa Rosa, o Colégio Plínio Leite, a Escola Especial Crescer, e os colégios estaduais Leopoldo Fróes e Liceu Nilo Peçanha.

Rio de Janeiro
O desfile de 7 de Setembro no Rio de Janeiro, na Avenida Presidente Vargas teve duração de duas horas. A novidade este ano foi a entrada, meia hora antes do desfile, do Fogo Simbólico da Pátria, conduzido pelo terceiro sargento do Exército Felipe Wu. O atleta militar conquistou a primeira medalha da delegação brasileira nos Jogos Olímpicos Rio 2016, ficando com a prata na prova de pistola de ar comprimido de 10 metros.

Brasília
O presidente Michel Temer foi recebido sob protestos e gritos de “golpista” por pessoas que foram assistir ao desfile de 7 de Setembro, na Esplanada dos Ministérios. Ao chegar ao local reservado às autoridades para o início do desfile, Temer foi aplaudido pelo público que acompanha o evento das arquibancadas, próximas à tribuna presidencial. Logo depois, porém, dezenas de pessoas vaiaram e começaram a gritar “Fora, Temer” por diversas vezes, fazendo com que o cerimonial do desfile fosse momentaneamente interrompido. Os manifestantes estavam sentados em uma arquibancada localizada na diagonal da tribuna reservada ao presidente, praticamente na frente de outro espaço onde estão posicionados diplomatas e demais autoridades.

BB_Michel-e-Marcela-Temer-7-setembro-2016-Brasilia_01609072016

Durante cerca de um minuto, os gritos e as vaias interromperam o protocolo do evento. Um dos manifestantes abriu uma pequena faixa com os dizeres: “Não aceitamos governo ilegítimo”. Em menor número, um grupo de pessoas na mesma arquibancada se opôs ao protesto, levantando pequenas bandeiras do Brasil e dizendo: “A nossa bandeira jamais será vermelha”.

Apesar de o dia do Desfile da Independência coincidir com a abertura dos Jogos Paralímpicos, que vai contar com 23.335 militares no esquema de segurança e defesa, não houve redução no número de participantes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *