Cemitério de Itaipu vai passar por reformas

Raquel Morais –

Foi publicado no Diário Oficial que está aberto o processo de licitação para empresa que fará reforma no Cemitério São Lázaro, em Itaipu, na Região Oceânica de Niterói. Atualmente, o local está completamente abandonado e mais parece um cenário de filme de terror. Mato alto, sepulturas abertas, árvores que chegam a nascer dentro das covas e muitas covas quebradas retratam um pouco do horror que passam as pessoas que precisam sepultar amigos e parentes no cemitério público.

A contratação da empresa está marcada para o próximo dia 27, às 11h, na sede da Empresa Municipal de Moradia, Urbanismo e Saneamento (Emusa). A obra que será feita no cemitério será para reforma do primeiro pavimento, construção do segundo pavimento e de nichos e gavetas. Isso vai incluir a parte das sepulturas, o setor administrativo e a capela do campo-santo. De acordo com a Prefeitura de Niterói o valor é de R$ 971.588,26 com prazo para execução de seis meses.

A entrada do cemitério já mostra um pouco do descaso do poder público com a unidade. Pisos faltantes e o portão completamente destruído e remendado dão ideia das cenas de horror que as pessoas que precisam entrar no local enfrentam. Muita terra acumulada dificulta o caminhar dentro do cemitério assim como muitas árvores com raízes enormes que destruíram o concreto do chão. O mato está tão alto que esconde muitas sepulturas, muitas abertas e com árvores maduras nascidas dentro da cova.

A costureira Vera Silva, 63 anos, disse que o cemitério deveria estar fechado há muitos anos. “Ele sempre foi largado e precisa de muito reparo e manutenção. Acho que essa situação que eles se encontra potencializa o horror que as pessoas sentem ao entrar no cemitério”, opinou a niteroiense.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *