CCSN debate novas estratégias contra incidências criminais

Ocorrências de crimes de extorsão e ameaças a comerciantes da Região Oceânica, praticado por traficantes, estratégia para coibir o roubo de cargas na cidade, de veículos, e estratégia de vigilância das forças integradas de segurança da cidade, são alguns dos temos que estarão em pauta, na reunião do Conselho Comunitário de Segurança de Niterói, que será realizada na manhã desta quinta-feira, na sede da Câmara de Dirigentes Logistas (CDL), no Centro.

De acordo com o presidente do CCSN, Leandro Santiago, os assutos serão debatidos com a presença inclusive de representantes de associações de moradores e das polícias Civil, Militar, e Guarda Municipal, entre outros órgãos. Na última segunda-feira, em caráter especial, outro encontro foi promovido, com foco prioritário na questão de traçar estratégias para inibir a incidência de ocorrências de roubos de cargas na cidade, onde segundo informes que criminosos, até oriundos de outros municípios, estariam praticando essa modalidade de crime em Niterói, com apoio de criminosos de comunidades locais, envolvidos com o tráfico.

O roubo de carga no estado do Rio bateu recorde em 2017, segundo o Instituto de Segurança Pública (ISP). O aumento foi de 7,3%, passando de 9.874 ocorrências em 2016 para 10.599 em 2017, média de 29 casos por dia. Na capital, foram registradas 5.371 ocorrências; na Baixada Fluminense, 3.167; em Niterói e São Gonçalo, 1.586, e no interior do estado, 475. Com relação aos roubos de veículos, no mês de dezembro do ano passado, em niterói, 505 registros dessa modalidade foram formalizados, contra 392 de dezembro de 2016, uma elevação de 28,9%. No mesmo período, o roubo de carga totalizou respectivamente 188 e 113 registros, segundo o ISP. A Câmara dos Dirigentes Lojistas de Niterói fica na Rua General Andrade Neves, nº 31, Centro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *