CBF decide pelo retorno do público aos estádios

Conselho Técnico da entidade se reuniu nesta terça (28) com os clubes da Série A

O Campeonato Brasileiro voltará a ter público. Em uma reunião ocorrida nesta terça-feira (28) na sede da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), na Barra da Tijuca, no Centro do Rio, os clubes aprovaram por maioria o retorno dos torcedores aos estádios. Dos 20 clubes que estão na Série A, o Flamengo não participou e o Atlético Paranaense foi o único a votar contrário pela decisão.

Com isso, a volta da torcida está liberada já a partir da próxima rodada, a 23ª, neste sábado (2). Apesar da liberação. Bahia x Ceará e Santos x Fluminense serão adiados pelo fato dos estados da Bahia e de São Paulo ainda não permitirem a presença de público nos estádios. Até por esta situação que o governador paulista João Dória liberou o retorno a partir da próxima segunda-feira (4). Por isso, a CBF deve encaixá-los na data dos jogos de ida das semifinais da Copa do Brasil, dia 20 de outubro.

Apesar da restrição no estado de São Paulo, o Palmeiras não quis adiar seu jogo. A partida contra o Juventude, no Allianz Parque, domingo, será sem torcida. O mesmo vale para o Red Bull Bragantino x Corinthians de sábado, no Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista. Na 24ª rodada, os jogos em São Paulo já terão torcida. O Bahia aceitou na reunião que o campeonato poderá avançar com público pelo menos até a 26ª rodada, já que até lá o cenário em relação ao veto do governo estadual não deve mudar.

O Conselho Técnico Extraordinário foi conduzido pelo Presidente interino da CBF, Ednaldo Rodrigues, que salientou o caráter democrático das quase duas horas de apresentação de propostas, alinhamento de ajustes e debate entre os dirigentes que representam a principal competição do futebol brasileiro.

“Esta é uma decisão conjunta dos clubes, um passo importante para a presença dos torcedores nos estádios que está sendo dado em parceria com os órgãos sanitários, respeitando sempre o protocolo elaborado pela comissão médica organizada pela CBF. Esperamos que a torcida, a maior beleza do futebol, volte a brilhar e se emocionar nos estádios”, afirmou Ednaldo.

.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quatro × 5 =