Caso Flordelis se aproxima da reta final com julgamento de filhos

Os desdobramentos do assassinato do pastor Anderson do Carmo, marido da ex-deputada federal Flordelis dos Santos de Souza, vão se aproximando da reta final. Os primeiros réus a serem julgados serão os irmãos Flávio dos Santos Rodrigues e Lucas Cézar dos Santos de Souza, primeiros acusados a serem presos pelo crime.

Na última semana, a juíza Nearis dos Santos Carvalho Arce, da 3ª Vara Criminal de Niterói, responsável pelo processo, autorizou o desmembramento da ação a fim de viabilizar o julgamento de Flávio e Lucas. A audiência no Tribunal do Júri está marcada para a aconteceu no próximo dia 23 de novembro, às 13h, no Fórum de Niterói.

Ambos foram presos horas após o crime. Lucas foi capturado em 20 de agosto de 2019, em cumprimento a mandado de busca e apreensão por envolvimento com o tráfico, quando era menor; enquanto Flávio foi preso no dia 21, durante o enterro de Anderson, em cumprimento de mandado de prisão por violência doméstica. Nos dias seguintes, foram descobertos fatos que os ligavam ao homicídio.

Impasse

Também na semana passada, Flávio manifestou interesse em passar a ser assistido pela Defensoria Pública do Estado do Rio de Janeiro (DPRJ), tal qual seu irmão adotivo Lucas. A juíza intimou o advogado do réu, Anderson Rollemberg, “para que informe se irá renunciar ou assistir o réu em ambos os feitos”. Até o momento, não havia sido enviada resposta.

Júri popular confirmado para Flordelis

Em 28 de setembro, a 2ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJRJ) manteve a sentença de pronúncia do Juízo da 3ª Vara Criminal de Niterói, confirmando a decisão para que Flordelis e outros nove acusados de envolvimento na morte do pastor Anderson do Carmo sejam submetidos a júri popular.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

17 − 16 =