Caso Flordelis: mais cinco testemunhas são ouvidas em audiência no Fórum de Niterói

Acontece, na manhã desta sexta-feira (4), a terceira audiência de instrução referente à segunda fase da investigação que apura o assassinato do pastor Anderson do Carmo. Apontada como mandante do crime, a deputada federal Flordelis (PSD-RJ) está presente, na companhia de seus advogados.

A deputada chegou ao Fórum por volta de 9h20m. O Ministério Público arrolou cinco testemunhas para serem ouvidas ao longo da audiência. Todas são de acusação. De acordo com o Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, ainda não há previsão para que o processo seja concluído.

Na madrugada do dia 16 de junho de 2020, o pastor Anderson do Carmo foi assassinado a tiros em sua casa, no Badu, arredores de Pendotiba, em Niterói. Nos dias seguintes, Flávio dos Santos Rodrigues, filho biológico de Flordelis, e Lucas Cézar dos Santos de Souza, filho adotivo do casal, foram presos suspeitos pelo crime.
A primeira fase da investigação, realizada pela Delegacia de Homicídios (DH) de Niterói foi indiciada, com o indiciamento dos irmãos. Uma segunda fase foi aberta para apurar o envolvimento de outras pessoas no crime.
No dia 25 de agosto, a segunda fase foi encerrada com o indiciamento de Flordelis como possível mandante, e de membros da família e pessoas próximas por participação no crime. Foi deflagrada a operação Lucas 12 para prender todos, menos a deputada, que possui imunidade parlamentar. Ela segue em liberdade, sob monitoramento de tornozeleira eletrônica.

Em apuração…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dez − 9 =