Caso Flordelis: Deputada presta depoimento por 10 horas

O caso do assassinato do pastor Anderson do Carmo, marido da deputada federal Flordelis, continua intrigando a polícia civil. Cerca de 12 pessoas, entre filhos e amigos, prestaram depoimento na Divisão de Homicídios, no Centro de Niterói, desde as primeiras horas da manhã de segunda feira. A viúva chegou às 12h30min na especializada com um dos filhos e um amigo da igreja e saiu após as 22:00 hrs sem falar com a imprensa.

Nesta terça feira a deputada marcou uma coletiva de imprensa, às 16h30min, na Barra da Tijuca para comentar sobre o caso. Já a delegada responsável pelo caso, Bárbara Lomba, não conversou com a imprensa e disse que não comentará mais o caso.

O pastor Anderson do Carmo de Souza, marido da deputada federal e cantora gospel Flordelis (PSD-RJ), foi morto a tiros na madrugada do último domingo (16) em casa na Rua Cruzeiro, na Região de Pendotiba. Segundo relatos de pessoas da família a policiais militares, o casal voltava de uma confraternização com amigos quando a deputada teve a impressão de que o carro onde os dois estavam era seguido por duas motos. Depois de entrarem na residência, o pastor resolveu voltar à garagem para buscar algo que havia esquecido. Os parentes relataram que ouviram vários disparos e ao descerem encontraram Anderson do Carmo baleado ao lado do carro, um Honda preto. Ele chegou a ser levado para o Hospital Niterói D’Or, no bairro de Santa Rosa, mas não resistiu aos ferimentos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *