Casa da Glória apresenta o Festival Caleidoscópica

A Casa da Glória apresenta, de 05 de abril a 02 de maio, a segunda etapa do Festival Caleidoscópica – Múltiplos Olhares, com apresentação online de peças teatrais para o público adulto e infantil, espetáculo de dança, vídeo-poesia e workshops sobre roteiro e produção artística. A Casa da Glória oferece números limitados de passaportes culturais que dão acesso gratuito às atividades. Basta solicitar pelo e-mail caleidoscopica@casadagloria.com.br

De 09 a 18 de abril (sextas, sábados e domingos às 20h) Stella Braiterman roteiriza e apresenta o vídeo-poesia “Ava”, performance sobre uma mulher que volta ao apartamento de seus antepassados refugiados e se reconecta com o seu avô cego, que ela nunca conheceu.

De 10 a 25 de abril (sábados e domingos às 16h) o Cegonha Bando de Criação apresenta CronoContos, peça de ficção científica para crianças com a narração de dois contos: “Agentes do Futuro”, uma história sobre Edson, um rapaz comum e extremamente pontual que tem a vida completamente transformada quando se atrasa pela primeira vez; e “O Enigma do Sr. K”, que se passa no ano de 2050, onde não há mais encontros presenciais e as pessoas se comunicam apenas por uma única rede social.

De 13 a 22 de abril (terças, quartas e quintas às 19h30) haverá apresentação do solo “Cavalos em Campo Virtual” (versão para o ambiente digital do espetáculo “Cavalos”, vencedor do Prêmio de Melhor Texto Original e Melhor Direção na Mostra Solo Brasileiro de 2020), com direção de Nina da Costa Reis e atuação de Alexandre Paz. A peça provoca questionamentos sobre a masculinidade e suas subjetividades a partir da relação conflituosa entre pai e filho.

De 23 de abril a 02 de maio (sextas, sábados e domingos às 20h) o público confere o espetáculo de dança “O Pássaro e a Enguia”, com Laura Samy e Maria Alice Poppe. Livremente inspirado no conto japonês de mesmo nome, o espetáculo retrata o encontro entre duas criaturas cujas cabeças e membros foram separados dos corpos em uma batalha pela disputa de territórios. Ainda embriagadas pela luta, as criaturas vagam em busca dos seus pedaços.

“O Festival oferece ainda os workshops “A Escuta – Distâncias e Aproximações” com Areas Coletivo; “Roteiro de Humor”, com o Levante 42 Escola de Roteiro; “Caminhos pelo Feminino na Grécia Mítica”, com Morgana Leandro; “Fragmentos Incendiários Escritas de Resistência” e “Da Ideia ao Ato–Produção para Atores”, ambos com Matheus Marques. A programação completa, compra de ingressos e outros detalhes sobre as inscrições podem ser conferidos no site https://caleidoscopica5.wixsite.com/ingressos.

“O Festival Caleidoscópica – Múltiplos Olhares marca o retorno das atividades culturais da Casa da Glória desde a nossa paralisação em 2020, devido à pandemia. De lá pra cá, realizamos alguns eventos, claro, mas não com esse caráter de programação, de festival. Além disso, é a primeira vez que nos aventuramos no ambiente online, o que é uma grande mudança de paradigma para nós. O desafio que encontramos é como transpor para o online todo o acolhimento e calor humano que definem a nossa relação com o público, enquanto espaço cultural”, afirma Matheus Marques, Gerente Artístico da Casa da Glória.

O Festival Caleidoscópica tem o patrocínio do Governo Federal, Governo do Estado do Rio de Janeiro e Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa do Rio de Janeiro, através da lei Aldir Blanc.

Casa da Glória

Após um ano fechada para reformas, a Casa da Glória reabriu em 2019 com a proposta de se tornar um centro cultural multiuso, reunindo gastronomia, artes e aulas. O espaço já abrigou importantes eventos como Junta Local, Rio Craft Beer, O Cluster, Repense Cerveja e Glória In Dub, edições com o DJ londrino Mad Profesor, e o lendário MC jamaicano U-Roy, em uma de suas últimas passagens pelo Brasil antes de falecer, em fevereiro deste ano. Em 2020, com o anúncio da pandemia, as atividades foram paralisadas em março, vindo a reabrir somente em janeiro, com programação intermitente, seguindo os protocolos de segurança. Agora, segue mais uma vez fechada fortalecendo a sua programação cultural no ambiente digital.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

onze − onze =