Carnaval: redução na criminalidade em Niterói e Maricá

O Carnaval deste ano teve menos registros de crimes, no comparativo com o mesmo período em 2019 é o que aponta os dados divulgados pelo 12ºBPM, responsável pelo policiamento em Niterói e Maricá. A maior redução foi registrada no roubo de carga, que segundo os dados houve queda de 75%.

Segundo os dados divulgados sexta-feira, pelo batalhão da PM – baseados nos dados do Instituto de Segurança Pública (ISP) – além da queda no roubo de carga, Niterói e Maricá apresentaram redução no roubo de veículos (72%), roubo de rua (34%) e roubo a estabelecimento comercial (25%). O roubo de aparelho celular apresentou a maior queda, de 81,25%. De acordo com o Observatório de Segurança de Niterói, a única taxa que se manteve foi de furto a celulares. Foram registradas 12 ocorrências nos seis dias de folia.

“O niteroiense pôde curtir um carnaval inesquecível na Rua da Conceição, acompanhar mais de 100 blocos no carnaval de rua nos dias de folia e curtir a vitória maiúscula da Viradouro com muita segurança e paz na nossa cidade. Tudo graças aos investimentos da Prefeitura em segurança e à integração com as forças de segurança na cidade. Esse trabalho tem que continuar, porque já temos os índices mais baixos dos últimos 15 anos”, comemorou o prefeito Rodrigo Neves.


Para o comando do batalhão, a redução se deve ao trabalho realizado pela PM e pelo planejamento prévio para o período do Carnaval. O comparativo é entre 1º a 06 de março de 2019 com 21 a 26 de fevereiro deste ano.

A principal festa de Carnaval de Niterói, na Rua da Conceição, no Centro recebeu mais de 50 mil pessoas durante os três dias de desfile das escolas de samba da cidade. De acordo com dados apontados pela TurisRio, Niterói é uma das principais cidades indutoras do Turismo no Estado e, por sua proximidade com o Rio, recebe, pelo menos, 10% da demanda de turistas que chegam à capital, com impacto positivo também na economia da cidade.

Mais de 70 toneladas de lixo

Neste mesmo período, foram mais de 70 toneladas de resíduos recolhidos onde as festas foram realizadas, segundo dados divulgados ontem pela Companhia de Limpeza de Niterói (Clin). Os bairros com maior quantidade de lixos recolhidos foram Santa Rosa, Centro e Rio do Ouro. Dentre os materiais mais encontrados estavam garrafas pet, latas de alumínio, confete e serpentina.

Durante o período de Carnaval, também foram recolhidas 48 toneladas de lixo das praias da cidade.

Para dar conta dos festejos, a Clin deslocou 540 funcionários para atuar nas ruas. Para auxiliar o trabalho manual, foram disponibilizados equipamentos específicos, tais como caminhões basculantes, caminhões compactadores, carregadeiras, varredeiras e caminhões-pipa com água de reuso.