Carnaval: mais de 1,7 mil PMs nas ruas de Niterói e Maricá

Com quase o dobro de seu efetivo, o 12º Batalhão de Polícia Militar (Niterói), responsável também pelo policiamento em Maricá, terá 1.709 PMs atuando junto com cerca de 3,5 mil pessoas, incluindo agentes públicos e prestadores de serviços da Prefeitura de Niterói, que vão trabalhar na segurança, organização e realização dos eventos durante o Carnaval. Entre eles estão os blocos, carnavais de bairros e o desfile oficial na Rua da Conceição, no Centro de Niterói, que acontece nos dias 23, 24 e 25 a partir das 19h. Os preparativos foram anunciados na tarde de ontem pelo comandante do 12º BPM e pela Niterói Empresa de Lazer e Turismo (Neltur).

Segundo a Prefeitura, para dar mais tranquilidade a quem vai passar o Carnaval na cidade, foi montada uma força tarefa que vai contar com funcionários das secretarias de Ordem Pública (Seop), Conservação e Serviços Públicos (Seconser), Culturas, e Defesa Civil, além da Companhia de Limpeza de Niterói (Clin), Niterói Transportes e Trânsito (NitTrans), Fundação Municipal de Saúde, Fundação de Arte de Niterói e Coordenadoria Geral de Eventos.

Na área de segurança, mais de 1,6 mil agentes da Prefeitura estarão nas ruas. A Seop disponibilizará cerca de 620 profissionais, entre agentes e guardas municipais, que atuarão na área oficial do desfile, além de apoio a ações de ordenamento. A Guarda Municipal também atuará com ações preventivas nos bairros e em locais de maior concentração de veículos e com equipes volantes circulando os locais. Os agentes municipais trabalharão de forma integrada com os policiais militares – 1.031 PMs farão o policiamento ostensivo nas ruas da cidade.

Segundo o comandante 12º BPM, coronel Sylvio Guerra, o batalhão estará imbuído na missão de garantir um carnaval seguro a toda sociedade de Niterói e Maricá.

“Ambos os municípios contarão com o emprego efetivo de 1.709 policiais militares e 216 viaturas operacionais nos quatro dias de folia”, declarou Guerra.

Ele disse que 1.031 policiais ficarão em Niterói e outros 678 em Maricá.

“Os policiais são reforços de outros batalhões do Estado, através do 4º Comando de Policiamento de Área (CPA) e do Estado Maior da corporação, além do próprio efetivo do batalhão”, ressaltou Guerra.

Segundo o comandante, o patrulhamento será feito em todas às áreas das cidades, mas vai se concentrar principalmente nos locais de multidão.

“Além disso, vamos atuar em algumas rotas de acesso aos blocos para conferir o movimento. Sempre com duas ou três viaturas. Nosso objetivo é fazer um carnaval tranquilo para os foliões aproveitarem”, disse o comandante.

Em casos de emergência a população pode acionar a Polícia Militar através do número 190 ou entrar em contato com o 153, que atende no Centro Integrado de Segurança Pública (Cisp), de onde os guardas municipais podem acompanhar a ocorrência pelas câmeras e acionar a força de segurança mais próxima.

O Cisp Móvel, um micro-ônibus equipado com sete câmeras de vigilância e conectado às mais de 500 câmeras do Centro, vai reforçar o monitoramento em pontos estratégicos. Os pais ou responsáveis por menores de idade também poderão fazer o cadastro e colocar pulseiras de identificação nas crianças.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco × três =