Capital libera praias

As praias do Rio de Janeiro estão liberadas para o banho e para comércio nas areias, somente nos dias úteis. A permissão foi divulgada no Diário oficial do Município e faz parte das ações para o combate a propagação da Covid-19. Durante os finais de semana e feriados as atividades comerciais e permanência estão proibidas, além das praias, em parques e cachoeiras. As medidas têm validade até 3 de maio (segunda-feira).

A partir do dia 24, sábado, bares, restaurantes e lanchonetes estão permitidos para funcionar até às 22h. Segundo nota comércios e serviços não essenciais, incluídos os localizados em shopping centers, também poderão funcionar até as 22h, desde que só atendam a 40% de sua capacidade se localizados em ambiente aberto e 60% se estiverem em locais fechados.

“Estamos permitindo de segunda a sexta a praia. A permanência proibida e atividades esportivas liberadas. Estamos liberando também os estacionamentos da praia e não haverá mais restrição de estacionamento na orla da cidade, isso vale para todos os dias”, confirmou o secretário municipal de Fazenda e Planejamento, Pedro Paulo Carvalho, durante a divulgação do 16º boletim epidemiológico.

Quiosques das praias do Rio estão fechados em cumprimento ao decreto municipal. As novas restrições impostas pelo prefeito do Rio, Eduardo Paes, para tentar combater o avanço da Covid-19, entraram em vigor nesta sexta-feira(5), e vão se estender até a próxima quinta-feira(11), em um período inicial de teste.

Equipamentos culturais como museus, bibliotecas e parques de diversões também devem obedecer as mesmas regras. Podem funcionar também todas as atividades essenciais como supermercados, farmácias e hospitais sem horários definidos.

Já boates, danceterias e casas de espetáculo estão proibidos de funcionar e a permanência das pessoas nas ruas ainda está proibida das 23h às 5h.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

12 + onze =