Capes lança programa de pesquisa de combate à epidemias

A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) lançou hoje (2) o Programa Combate às Epidemias. A ação vai destinar R$ 200 milhões pelos próximos quatro anos para projetos de pesquisa e formação de profissionais voltados ao enfrentamento da pandemia de covid-19 e temas relacionados às endemias e epidemias típicas no país.

A medida já havia sido anunciada na semana passada. De acordo com a autarquia vinculada ao ministério da Educação, serão concedidas 2,6 mil bolsas de estudo, além do quantitativo já previsto pelo modelo de concessão de bolsas, e recursos de custeio e de capital de até R$ 345 mil, por projeto, para até 30 pesquisas selecionadas.

Em comunicado, o presidente da Capes, Benedito Aguiar, afirmou que o potencial das universidades brasileiras precisa ser aproveitado e valorizado. “É um programa estratégico emergencial que poderá contribuir de forma imediata à mitigação dos problemas ocasionados pela atual pandemia e contribuir para prevenção e combate de endemias e epidemias que assolam o país há anos”, destacou.

A autarquia quer incentivar pesquisas focadas em estudos inovadores de prevenção, diagnóstico e estratégias terapêuticas, além de um melhor entendimento de doenças infecciosas, agentes e vetores. Os demais objetivos do programa são voltados ao desenvolvimento de Equipamentos de Proteção Individual (EPI) para profissionais de saúde e de tecnologias e mecanismos para monitoramento, mapeamento e controle de surtos, endemias, epidemias e pandemias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um × 5 =