Cantor sertanejo é criticado na internet por realizar ato em favor de Bolsonaro

O cantor Sérgio Reis está organizando um ato em defesa do presidente Jair Bolsonaro. Em um vídeo publicado nas redes sociais, o artista diz que a manifestação é planejada em conjunto do movimento dos caminhoneiros e de agricultores.

O ato está previsto para acontecer próximo do feriado de 7 de setembro e terá duração, segundo o próprio relato do cantor em um vídeo nas redes, de 72 horas.

“O Brasil inteiro vai estar parado. Ninguém trafega, ninguém sai. Ônibus volta para trás com passageiros. Só vai passar polícia federal, ambulância, bombeiro e cargas perecíveis. Fora isso, ninguém anda no Brasil”, disse Sérgio Reis no vídeo.

O ato é a favor de Bolsonaro e defende pautas como a destituição dos ministros do STF (Supremo Tribunal Federal) e o voto impresso. Sérgio Reis fala que a manifestação vai acontecer do dia 4 a 6 de setembro, para não atrapalhar o desfile organizado por Bolsonaro para o dia 7, e que o foco principal vai ser Brasília.

O problema é que a manifestação tem gerado fortes críticas na internet. Até há internautas pedindo a prisão do cantor por entender que ele estaria ameaçando a democracia. Recentemente, o deputado federal Daniel Silveira (PSL-RJ) e o ex-parlamentar Roberto Jefferson foram presos por se manifestarem favoráveis ao fechamento do Supremo Tribunal Federal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quinze + 14 =