Canteiro tem preocupado motoristas no Barreto

Raquel Morais

Nas redes sociais muitas reclamações de acidentes na Rua Benjamin Constant, na altura do número 335, chamaram atenção da reportagem de A TRIBUNA. Após alargamento da via do Barreto para a melhor fluidez do trânsito, uma falha na sinalização pode estar ocasionando uma série de colisões na pista de quem segue sentido Barreto, principalmente à noite.

Na altura do supermercado Assaí, as pistas foram alargadas, mas após o sinal da Travessa Carlos Gomes há um estreitamento da via. Entre as pistas foi construído um canteiro, o que, segundo moradores, iniciou todo o problema com os acidentes. Quando anoitece o trânsito fica mais intenso no local e a iluminação da via não ajuda a evitar os acidentes. Os motoristas acabam subindo o jardim e os veículos ficam presos no canteiro, às vezes tombam na pista.

“Eu fiquei sabendo desses acidentes e acho que poderiam fazer algo para mudar. Quando acaba o engarrafamento, lá para às 19h, os motoristas tendem a andar mais rápido e acabam provocando essas colisões, pois não dá tempo de desviar”, comentou um comerciante local que não quis se identificar.

Nas redes sociais muitos depoimentos chamaram atenção da própria Prefeitura de Niterói, como o relato da Bruna Botelho, que já contou 13 acidentes no local sem mortes. Em um trecho ela diz que “(…) todos os acidentes acontecem à noite. E em todos os acidentes o pessoal da Prefeitura, no dia seguinte, refaz o mesmo murinho na ponta do canteiro. (…) Ora, não seria mais fácil refazer a faixa que joga direto para o canteiro do que ficar refazendo muro que não adianta de nada?”, indagou.

No último dia 29, a Secretaria de Conservação e Serviços Públicos (Seconser) postou na rede social a seguinte nota: “Boa tarde a todos! Bruna, nós encaminhamos a questão para que os órgãos responsáveis possam verificar o mais rápido possível e assim que obtivermos novas informações te avisaremos por aqui. Obrigada pela colaboração”.

À TRIBUNA, a Emusa informou que durante a obra de alargamento da via, a iluminação foi toda refeita, assim como a pintura e sinalização. Ainda de acordo com a Emusa, no início do canteiro havia uma placa de sinalização, que foi completamente danificada com o acidente, assim como o canteiro. A Seconser fará o reparo do canteiro. Segundo a Seconser, em 2016 foi realizada a troca de todos os pontos de luz da Rua Benjamin Constant, de vapor de sódio para vapor metálico. Além disso, foram colocados braços de iluminação nos dois lados da via, no trecho entre a Alameda São Boaventura e o clube Tio Sam. A NitTrans enviará uma equipe ao local para verificar a situação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 × quatro =