Candidatos à Prefeitura de Niterói reiniciam a semana com reuniões e caminhadas

Os candidatos a prefeito de Niterói recomeçaram a semana com agenda cheia e empolgação de sobra. Com parte do comércio fechado, devido ao dia comemorativo da categoria, na segunda-feira (19) os prefeitáveis focaram nos eleitores nas ruas e em encontros com grupos específicos.

Juliana Benício (Novo) participou de uma reunião com pescadores de Jurujuba, dos quais ouviu reclamações quanto à limpeza urbana e da praia. Na sequência, a candidata seguiu para São Francisco, onde conversou com comerciantes e moradores. A prefeitável também reforçou suas intenções quanto à segurança pública na cidade.

“Vou continuar com o programa Niterói Presente e o Proeis, mas eles vão ser complementares à atuação da nossa Guarda Municipal. Os policiais contratados nesses programas, que são parceria com o Governo do Estado, trabalham em suas férias e folgas, o que é insustentável no longo prazo. Quero capacitar a GM para atuar ostensivamente no patrulhamento urbano com apoio de tecnologia de câmeras, GPS, drones e serviço de inteligência, além de retirar de sua responsabilidade a fiscalização de ambulantes, passando a dar somente apoio às ações do Departamento de Posturas”, descreveu.

Axel Grael (PDT), que tem o apoio do prefeito Rodrigo Neves, foi às ruas de Icaraí para conversar com a população. Ao lado de apoiadores, caminhou pela Rua Coronel Moreira César, cumprimentando moradores e pedestres sob os protocolos de distanciamento social. O candidato também fez uma caminhada pelo calçadão da praia, onde aos pedestres lembrou dos investimentos na região nos últimos oito anos, entre eles o programa Niterói Presente, que reduziu os índices de criminalidade no bairro.

“Hoje, dois terços das forças de segurança que atuam em Niterói são custeados pela Prefeitura. Vimos os índices de criminalidade despencando na cidade desde a implantação do Niterói Presente. Esse programa mudou o cenário da cidade e, hoje, somos referência em segurança. As pessoas tinham medo de sair de casa e agora estão muito mais tranquilas de ocupar os espaços públicos”, ressaltou.

Felipe Peixoto (PSD) e seu vice na chapa, o vereador Bruno Lessa (DEM), assinaram o termo de compromisso com o comércio de Niterói e garantiram que vão manter todas as políticas de apoio ao setor adotadas durante a pandemia. Entre as novidades está a criação da Agência de Desenvolvimento de Niterói (Agenit) para fomentar os negócios, com um planejamento estratégico de acompanhamento estatístico permanente dos setores de comércio, indústria e serviços em geral no município. Felipe destacou que esses segmentos constituem o principal motor da economia de Niterói, por sua amplitude na geração de renda e na manutenção de vagas de trabalho, direta e indiretamente.

“Nosso governo sabe da importância estratégica de Niterói vir a ter um amplo e moderno Centro de Convenções. Uma de nossas propostas é construir esse espaço na região do Centro, após ampla transformação urbanística e de ordem urbana, com toda a infraestrutura periférica necessária, inclusive de hotelaria. E para isso o nosso governo vai estruturar uma força-tarefa específica, inclusive para buscar parcerias público-privadas”, garantiu.

Allan Lyra (PTC) iniciou sua agenda pública na parte da tarde em visita ao Instituto Brasileiro Conservador, onde realizou gravações. À noite, encontrou-se com apoiadores para discutir as últimas denúncias recebidas sobre a suposta atuação ilegal de comissionados da atual gestão na campanha eleitoral.

“Se queremos uma mudança na política da cidade precisamos, com urgência, jogar luz nessa questão. Se isso for verdade, é preciso que as autoridades públicas tomem alguma atitude. Nós vamos libertar os funcionários públicos dessa velha política”, concluiu.

Flavio Serafini (PSOL) fez campanha na frente das barcas, acompanhado de candidatos a vereador pelo partido, onde destacou aos transeuntes com que interagiu sobre a importância de uma mobilidade planejada e com a integração entre os modais.

“Vamos manter a integração tarifária entre ônibus e barcas e vamos estendê-la a Charitas e também aos ciclistas que também vão ganhar um desconto na passagem de barcas ao guardar a bicicleta no bicicletário. O desconto vai ser acionado no próprio bicicletário”, propôs ele, que, para diminuir o tempo do cidadão no trânsito, além de investimentos urbanos, pretende desencorajar o uso do automóvel.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.