Candidato a vereador em São Gonçalo é preso

Karoline Martins

A Polícia Civil desarticulou na terça-feira (4) um suposto esquema de lavagem de dinheiro que teria sido praticado por um candidato a vereador de São Gonçalo. Agentes da Delegacia do Consumidor (Decon), da Delegacia de Roubos e Furtos de Automóveis (DRFA), do Departamento Geral de Polícia Especializada (DGPE) e fiscais do Conselho Regional de Farmácia tinham por objetivo dar fim ao braço financeiro de uma organização criminosa que atua no Complexo do Salgueiro. Segundo a polícia, Valmir Santos Filho (PSL), de 35 anos, é dono de uma oficina mecânica onde os agentes encontraram peças de veículos roubados. De acordo com as informações levantadas pelos policiais, um traficante da região é suspeito de utilizar estabelecimentos comerciais para lavagem de dinheiro do tráfico de drogas. O candidato terminou preso ao serem encontradas irregularidades em estabelecimentos do mesmo.

De acordo com as informações oficiais divulgadas pela Polícia Civil, o candidato possui várias farmácias na região, além de uma oficina mecânica. Neste último estabelecimento citado, foram encontradas pelos policiais peças de veículos que foram roubados em São Gonçalo. Em uma das farmácias pertencentes ao candidato, foram encontrados resíduos de materiais perfurocortantes, porém o estabelecimento não possuía licenciamento e Autorização de Funcionamento de Empresa (AFE) para utilização deste serviço. Agravando o quadro, a movimentação de psicotrópicos não estava regularizada junto ao Sistema Nacional de Gerenciamento de produtos Controlados e sem registros de entrada de notas fiscais. A farmácia foi então interditada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezoito − 14 =