Campeonato Estadual de Basquete HGI começa dia 28 de setembro

O primeiro campeonato de basquete brasileiro durante o período da pandemia do coronavírus já tem data marcada. De 28 de setembro a 4 de outubro o Maracanãzinho vai receber o Campeonato Estadual de Basquete HGI, que tem apoio do Hospital Geral do Ingá (HGI) garantido a segurança de todos os envolvidos no master evento. Ao todo cinco clubes vão disputar os jogos que vão envolver cerca de 100 atletas que vão fazer o teste da Covid-19 na unidade hospitalar de Niterói. A expectativa para o evento é grande e já foi conferida no dia do lançamento no auditório principal do Clube Regatas Flamengo, na Gávea, no dia 24 de agosto.

Os cinco clubes que vão disputar serão: Niterói Basquete Clube, Clube de Regatas Flamengo, Clube Municipal do Rio de Janeiro, Tijuca Tênis Clube e Clube Desportivo Atitude (CDA). Mas as partidas não terão público por conta das determinações sanitárias durante a pandemia do coronavírus. “O basquete é um esporte olímpico e muito respeitado com nomes brasileiros que estão representando o país em grandes times no exterior. Vamos fazer esse evento com respeito em todas as medidas de protocolos para o protocolo sanitário. Nesse momento que estamos passando é fundamental a parceria com uma rede de hospital que está dando mais segurança para o evento. O local de jogo será totalmente higienizado e os atletas vão fazer os testes antes dos jogos”, frisou o diretor da Federação de Basquetebol do Estado do Rio de Janeiro (FBERJ), Maurício Seroour.

Os jogos começam no dia 28 com duas disputas por dia e no dia 2 de outubro será a semi final. Já no dia 3 de outubro a disputa pelo terceiro lugar e a grande final será dia 4 de outubro. Mas antes das disputas, no dia 24, os gigantes do basquete vão fazer os testes de sorologia no HGI. “O campeonato de basquete carioca está sendo o primeiro campeonato do Brasil após início da pandemia. O hospital, há alguns anos após a mudança de gestão, passou a incentivar algumas modalidades de esporte, principalmente os de rua, como por exemplo a famosa corrida noturna em Niterói [Niterói Night Run]. A gestão entende que uma das formas de transformar a vida das pessoas, e principalmente para melhor, é através do esporte”, pontuou o gestor e administrador do hospital, Luiz Otávio Nazar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

19 − nove =