Campanha ‘Papai Noel dos Correios’ começa em Niterói

A Campanha Papai Noel dos Correios 2021 começa a partir da próxima semana e quem quiser apadrinhar uma cartinha, em Niterói, basta ir à Agência Central, na Avenida Visconde do Rio Branco, no Centro. Ao todo são 169 cartas disponíveis de forma física na unidade mais as onlines, que estão sendo colocadas aos poucos no Blog do Papai Noel dos Correios. A campanha mistura solidariedade e une corações cheios de esperança de crianças que sonham em ganhar o presente, com pessoas dispostas a realizar esses desejos. E a lista de presente é ampla e os pequenos pedem desde ‘Pop it’ até tênis e mochilas.

A adoção pode ser feita até o dia 17 de dezembro, data limite para a entrega dos presentes, que deverão ser embalados e conter o canhoto com o código da carta. Na agência de Niterói a entrega pode ser feita de segunda a sexta-feira das 9h às 17h e aos sábados, das 9h às 13h. As cartinhas foram escritas pelas crianças da Escola Municipal Jacinta Medela, que extrapolaram na criatividade e nos sonhos. Pedem presentes, mandam beijos e abraços para o Papai e a Mamãe Noel, garantem que tiveram bom comportamento e que merecem os presentes.

A atendente comercial dos Correios Niterói, Cristiane Xavier, contou sobre a mobilização que é feita na unidade para o atendimento dos ‘padrinhos dessas cartinhas’ e entrega dos presentes.

“A gente fica emocionado com os pedidos. Alguns são tão simples e outros mais rebuscados, mas é encantador ver esse sonho sendo concretizado. A procura é grande e muitas pessoas se comprometem com os presentes. Nenhuma criança que enviou cartinha fica sem presente. A gente se une e atende todo mundo”, frisou.

De acordo com os Correios, milhares de cartinhas escritas por alunos matriculados em escolas públicas (até o 5º ano do ensino fundamental), por crianças acolhidas em creches, abrigos e núcleos socioeducativos, e por aquelas que estão em situação de vulnerabilidade social, com até 10 anos de idade, estão disponíveis para adoção. A empresa coloca toda a sua expertise em logística e a força de seus empregados para atender às expectativas desses meninos e meninas.

“Ano passado, a campanha teve que ser inteiramente digital em razão da pandemia que impactou profundamente a vida de todos. Entretanto, com a vida retornando aos poucos à normalidade e primando pelos cuidados ainda necessários para preservar a saúde das pessoas, é com muita alegria que anunciamos que a campanha terá formato híbrido. Este ato carrega um simbolismo muito grande, já que encontramo-nos em um momento que retornamos, aos poucos, a encontrar com os nossos familiares e amigos de forma presencial”, contou o presidente dos Correios, Floriano Peixoto.

HISTÓRIA DA CAMPANHA

A Campanha Papai Noel dos Correios nasceu pela iniciativa de alguns empregados, que, durante a rotina de trabalho, recebiam cartas escritas por crianças, destinadas ao Papai Noel. De acordo com nota dos Correios os funcionários resolveram adotar eles mesmos as cartinhas e enviar os presentes. Com o passar do tempo, a ação foi ganhando proporção e acabou se transformando num projeto corporativo dos Correios há 30 anos. Ao longo dessas três décadas, a campanha conseguiu atender ao pedido de mais de 6 milhões de cartinhas – muitas delas com histórias emocionantes de solidariedade. Essa corrente do bem une esforços de empresa, empregados e voluntários da sociedade para atender, dentro do possível, aos pedidos de presentes daqueles que se encontram em situação de vulnerabilidade social.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

sete + dezenove =