Campanha ‘Mobilidade Sustentável nas Eleições’ é lançada

Raquel Morais

A proximidade das eleições em Niterói desencadeia ações da sociedade civil em busca de melhorias para a cidade. Nesse contexto o coletivo Pedal Sonoro, referência em mobilidade sustentável e uso da bicicleta como meio de transporte, vai lançar hoje, 7, às 19h 30min, a campanha entitulada ‘Mobilidade Sustentável nas Eleições’. A ideia é conversar com os candidatos para mostrar a importância do modal, especialmente no momento da disseminação do coronavírus.

A campanha é de caráter nacional e em Niterói está sendo articulada pelo coletivo. É fundamental debater e discutir com as candidaturas, alternativas para a mobilidade urbana. Esta questão é ainda mais importante devido à pandemia do coronavírus. Com a disseminação cidades no mundo inteiro tem priorizado deslocamentos mais seguros e saudáveis, principalmente de modo ativo, minimizando os riscos à saúde de seus cidadãos. Para que os benefícios sociais, ambientais e econômicos da mobilidade sustentável – caminhada, transporte público e bicicleta – sejam reconhecidos pelo poder municipal, é necessário sensibilizar o conjunto de eleitores para apoiar candidaturas comprometidas com esta questão, e ampliar a inclusão da pauta nas políticas públicas e legislações municipais.

“Realizamos essa mesma campanha em 2016 que foi o ‘Bicicleta nas Eleições’. E esse ano montamos de novo e isso é importante demais para valorizar a bicicleta, valorizar o desenvolcimento sustentável e estimular o uso do modal. Queremos que os candidatos assinem um compromisso e que eles defendam isso durante o governo através de estrutura de malha viária e desistimular o uso do carro que é um grande poluente do meio ambiente. Estamos em contato com os candidatos para exatamente questionar os programas de governo deles. Após o lançamento queremos fazer nossas atividades online com conversas e entrevistas”, contou Luís Araujo, representante do Pedal Sonoro.

A campanha nacional também apresentará o relatório final no dia 28 de fevereiro de 2021. “Trabalho com venda de bicicletas e as vendas deram uma decolada e desde maio aumentaram muito. Andar de bicicleta faz bem para a saúde, para o meio ambiente e só faz bem. Proporciona qualidade de vida e evita aglomeração e produz o distanciamento social em época de pandemia”, frisou o Cláudio Santos, membro da Confederação Brasileira de Ciclismo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quatro + dezessete =