Caminhoneiro tenta subornar PRFs e acaba preso em São Gonçalo

Um caminhoneiro foi preso, na manhã desse sábado (9), após ser flagrado com uma carga de engradados de cerveja sem nota fiscal e tentar subornar policiais, na Rodovia Niterói-Manilha (BR-101), em São Gonçalo. A ação foi coordenada por agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) que atuam na Operação Égide.

A equipe realizava fiscalização em frente à unidade operacional da PRF, posto de São Gonçalo, na BR-101, km 304, quando foi dada ordem de parada para o caminhão, modelo Mercedes-Benz. Os policiais realizaram a fiscalização de rotina, pedindo o documento do veículo, do motorista e da nota fiscal da mercadoria, mas o condutor informou que não tinha a nota fiscal da mercadoria para apresentar.

Sendo assim a mercadoria foi apreendida. O valor da carga foi avaliado em R$ 23 mil. O caminhão estava com o licenciamento atrasado sendo assim autuado e recolhido. O veículo foi carregado com a mercadoria no município Rio das Ostras e seria vendida para um depósito no município do Benfica-RJ.

Pouco tempo após a apreensão da mercadoria, o proprietário da mercadoria compareceu a unidade operacional oferecendo R$ 10,7 mil aos policiais em troca da liberação dos engradados de cerveja e de imediato o PRF deu ordem de prisão ao homem.

O veiculo, a carga e o proprietário da carga foram encaminhados para a sede policial 73ª DP (Neves), em São Gonçalo. A Operação Égide, iniciada em 1º de outubro de 2021, faz parte do planejamento da PRF na repressão ao crime nas rodovias federais fluminenses.

A operação foi desencadeada após análise e mapeamento dos principais pontos críticos do estado. As ações terão como principais objetivos o combate ao roubo de cargas, veículos e coletivos, e também ao tráfico de drogas e armas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

11 − cinco =