Caminhão perde o controle na Alameda e para o trânsito

Anderson Carvalho

Um caminhão baú com placa de Nova Iguaçu (KRL- 7900) colidiu com a traseira de um carro branco de marca UP por volta das 17 horas de ontem, na descida da Alameda São Boaventura, na altura da Estação Getulinho do corredor viário, no Fonseca. Com a batida, o caminhão perdeu o controle, atravessou a pista da estação e foi parar na pista sentido São Gonçalo, atropelando dois pedestres e atingindo a entrada de uma lanchonete.

Com o acidente, o trecho da pista sentido São Gonçalo foi interditado e o trânsito desviado para a Rua São José. O engarrafamento chegou até o Centro. A placa da Estação Getulinho foi atingida e caiu com a colisão. “Eu parei em um dos sinais que estava vermelho. O caminhão atrás de mim não conseguiu frear a tempo e bateu na parte de trás do carro. Ele perdeu o controle, invadiu a estação e foi parar na outra pista”, contou a administradora Marcina Borges, de 48 anos, que estava acompanhada do marido, o técnico de informática Paulo Borges, 56; a filha, a médica Íris Borges, 28; e o noivo, o estudante Bruno Soadeiro, 24. Íris foi atingida por alguns estilhaços e teve pequenos arranhões nas costas.

Um dos pedestres atropelado quebrou o pé e foi levado ao Hospital Estadual Azevedo Lima, próximo ao local. O outro, apenas ferimentos leves e foi logo liberado. A comerciante Luciana Boschiglia, 45, vai cobrar indenização por parte do caminhoneiro. “Eu estava com uma cliente na entrada da loja quando o caminhão veio a toda velocidade na nossa direção. Puxei a cliente para os fundos. O veículo destruiu uma estufa de salgados e a parte lateral da entrada da lanchonete. Vou pedir indenização. Alguém tem que pagar pelo prejuízo”, reclamou a comerciante.

O motorista do caminhão recusou-se a falar com a imprensa. Apenas informou que o veículo estava vazio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

doze + 7 =