Caminhão bate em poste e deixa o Centro sem luz

Anderson Carvalho –

Os lojistas que trabalham no Centro de Niterói ficaram no prejuízo do final da manhã até o início da tarde de ontem. Um caminhão colidiu com um poste em frente ao Caminho Niemeyer, derrubando-o, causando um curto circuito no transformador e provocando um blecaute em diversas vias no entorno, como um trecho da Avenida Visconde do Rio Branco, as ruas Visconde de Itaboraí, Visconde do Uruguai, Marechal Deodoro e Marquês de Caxias. Na maior parte da região a luz retornou às 13h30min. Mas em um quarteirão entre as Ruas Professor Heitor Carrilho e Marquês de Caxias a energia voltou somente às 18h30min, quase sete horas depois.

O comerciante Leandro Santiago, que tem uma loja de rações em uma galeria comercial na Rua Visconde de Uruguai, ficou à luz de velas no estabelecimento. “Para tudo dependemos de energia elétrica. A balança, o caixa e a venda em geral. Toda a galeria ficou sem luz e os comerciantes sem ter como trabalhar. Estimamos que o comércio da região deve ter tido um prejuízo só hoje de cerca de R$ 1 milhão”, contou.
O Restaurante Cidadão Jorge Amado, na Avenida Visconde de Uruguai, teve que fechar uma hora mais cedo, às 14h, deixando de atender uma parte de sua clientela. Segundo os responsáveis pelo estabelecimento, este trabalha com produtos frescos e, por isso, não teve perda de alimentos. Quem esteve lá teve que almoçar com pouca luminosidade.

Um bar e restaurante na Rua Marquês de Caxias, na esquina com a Rua Visconde de Sepetiba, também amargou prejuízo. “A parte que não tem gerador ficou às escuras. As pessoas que trabalham nas empresas aqui perto foram liberadas mais cedo e perdemos uma parte da clientela. O movimento caiu muito”, lamentou o dono do estabelecimento, Francisco Silva.

Uma loja de venda direta de produtos plásticos cancelou uma reunião com consultoras por causa da falta de energia. “Consultoras, devido à falta de luz, tivemos que cancelar o nosso treinamento na loja. Desculpem o transtorno”, disse um bilhete afixado na porta do estabelecimento.

Segundo a Enel, um curto circuito em um transformador foi o causador da queda de energia. A concessionária acrescentou que em 40 minutos normalizou o fornecimento de energia para cerca de 95% das áreas afetadas pela interrupção de energia na área central de Niterói. Os técnicos da companhia seguiram trabalhando no restante do dia para normalizar o fornecimento em todas as áreas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

16 + quatro =