Câmara SG faz audiência pública sobre iluminação pública

Atendendo recomendação do Ministério Público (MP), a Câmara dos Vereadores de São Gonçalo discute nesta terça-feira (22), às 14 horas, no plenário do Poder Legislativo, a prestação do serviço de iluminação pública na cidade. A audiência pública contará com representantes da prefeitura, Enel, OAB e da sociedade civil organizada.

Segundo o presidente da Comissão dos Direitos do Consumidor, vereador Alexandre Gomes, que comandará a audiência pública, o encontro tem como objetivo principal cobrar da prefeitura um cronograma da prestação do serviço pago pela população.

“A cidade ficou quase um ano no escuro devido à má gestão dos recursos arrecadados no final do governo passado, chegando ao ponto do ex-prefeito, secretários e assessores serem presos”, disse Alexandre Gomes.

Segundo o parlamentar, a audiência pública irá abordar, entre outros temas, quem está fazendo o serviço, qual o cronograma de trabalho, o que já foi feito, quantos pontos ainda estão apagados, quantas equipes estão nas ruas, qual critério de atendimento e qual o tempo de resposta ao munícipe.

No início do ano passado, a Prefeitura de São Gonçalo e a concessionária Enel (antiga Ampla), responsável pelo fornecimento de energia para a cidade, mapearam os pontos de apagão e informaram que a escuridão atingia 90% do município, com 25 mil lâmpadas queimadas, em seis mil logradouros.

Para resolver o problema, a prefeitura criou uma subsecretaria de Iluminação Pública, que está sendo coordenada pelo vice-prefeito Ricardo Pericar. Na ocasião, ele garantiu que a criação da empresa geraria uma economia no primeiro ano de R$ 8 milhões.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *