Câmara pode votar participação da Petrobras na exploração do pré-sal

O projeto que acaba com a obrigatoriedade de a Petrobras ser operadora da exploração do pré-sal (PL 4567/16) é o destaque do Plenário da Câmara entre as matérias legislativas pautadas na próxima terça-feira (13). Ele será analisado em sessão extraordinária marcada para as 9 horas.

A proposta, do Senado, permite que a empresa faça a opção por participar ou não como operadora dos consórcios de exploração do petróleo do pré-sal sob o regime de partilha. Atualmente, a Lei 12.351/10 determina que a Petrobras seja operadora em todos os consórcios com 30% dos direitos, no mínimo.

Até o momento, apenas o campo de Libra foi licitado sob o regime de partilha de produção e a Petrobras ficou com 40% dos direitos (30% pela lei e 10% como participante). O restante foi repartido entre Shell (20%), Total (20%) e duas empresas chinesas (20%).

One thought on “Câmara pode votar participação da Petrobras na exploração do pré-sal

  • 13 de setembro de 2016 em 13:49
    Permalink

    Da forma que agem e pela incompetência governamental acho melhor privatizar o país e de quebra levem os políticos (todos sem exceção). Sinto orgulho de muitas estatais mas dos políticos sinto muita, mas muita vergonha. Quando não tiverem o que vender, venderão o que? Estremeço só de pensar!!!!!! Falta de inteligência é assim mesmo, só leva a aniquilação e venda das empresas administradas por incompetentes que buscam soluções imediatas sem analisar as consequências futuras. Deplorável…

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

12 + catorze =