Câmara de São Gonçalo restringe reuniões presenciais

No dia em que o número de mortes diárias por Covid-19 alcança a marca recorde de 2286 vidas perdidas, tendo uma média de 1.572 óbitos na última semana, a Câmara Municipal de São Gonçalo suspendeu por 30 dias as audiências públicas, as sessões solenes e reuniões especiais. Apesar das mudanças, as sessões ordinárias e extraordinárias, assim como as comissões permanentes, permanecerão inalteradas para que a atividade parlamentar não seja prejudicada.

A decisão foi a partir de um ato da Mesa Diretora que oficializa a adoção de medidas temporárias de prevenção ao contágio pelo Coronavírus nos presentes no âmbito do Palácio 22 de Setembro, prédio que abriga o Poder Legislativo gonçalense. Ainda de acordo com a decisão, as sessões que serão mantidas não terão a presença de público, mas somente dos vereadores, servidores e agentes de segurança poderão estar presencialmente.

A população, para acompanhar o desempenho do trabalho dos parlamentares em plenário em tempo real, poderá acessar por meio do endereço eletrônico da Câmara Municipal (www.cmsg.rj.gov.br/tv-camara), ou através das suas páginas nas redes sociais. A vedação de acesso às dependências do prédio da Câmara Municipal, no entanto, não é extensiva às pessoas devidamente credenciadas para participar.

A decisão foi tomada por entender que São Gonçalo vive uma situação preocupante. O avanço do número de contaminados e as dificuldades estruturais do município para atender a enorme demanda de pacientes nas unidades de saúde, obriga as autoridades que comandam o poder público local, unirem esforços e adotarem, em consonância, medidas preventivas que contribuam, efetivamente, para reduzir o efeito devastador da doença.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três × 5 =