Cabo Frio busca ajuda do Estado para o Peró

O governo estadual poderá ajudar Cabo Frio a melhorar o acesso, a sinalização e a segurança na praia do Peró, em Cabo Frio.  O pedido será feito pelo presidente da Comissão de Turismo da Alerj, deputado Welberth Rezende (PPS), que se reuniu essa semana com autoridades municipais e com o movimento Amigos do Peró na orla da praia. Durante o encontro, o secretário municipal de Meio Ambiente, Mário Flávio Moreira, confirmou para o dia 13 de novembro o novo hasteamento da Bandeira Azul no Peró para a próxima temporada do verão.

Durante o encontro, Rezende destacou a importância da Bandeira Azul parta fortalecer o turismo no interior fluminense. Ele se comprometeu a procurar o Departamento de Estradas de Rodagem (DER) para refazer o asfaltamento e a sinalização no acesso ao Peró; e, se empenhar junto ao comando da Polícia Militar para reforçar o efetivo do 25º BPM (Cabo Frio), incluindo o reforço de policiamento na zona turística do Peró. “É um orgulho ter a Bandeira Azul no Peró. Graças a estava iniciativa da sociedade civil e do poder público, outras cidades, como Búzios, Macaé e Niterói estão buscando o certificado internacional de qualidade. A Comissão de Turismo será parceira nas ações no Peró”, prometeu o deputado, que se semana que vem se encontra com o comandante-geral da PM, no Rio.

Presidente da Federação de Conventions Bureau do Estado do Rio, Marco Navega, também participou da reunião, realizada no quiosque Pampo’s, e disse que ficou surpreso com a evolução do Peró nos últimos anos. “Estive aqui em 1978 pela última vez e hoje fiquei impressiona com o que vi. O principal hotel já está com taxa de ocupação de 70% para a alta temporada. Os investidos que fizeram o hotel poderiam fazê-lo em qualquer lugar do mundo, mas tiveram visão e fizeram no Peró, que hoje é um belo produto turístico com a Bandeira Azul”, afirmou Navega.

Representando o prefeito Adriano Moreno, o secretário de Meio Ambiente, Mário Flávio Moreira, disse que, através de uma parceria público-privada, será aberto um novo acesso ao Peró (reivindicação antiga do bairro) através da Estrada Nelore, que liga a Avenida Wilson Mendes à Estrada do Guriri. O INEA já liberou a licença ambiental e a licença de obras está em fase final de liberação na Secretaria de Planejamento.

“Na segunda-feira começam os reparos necessários para que o Peró possa hastear de novo a Bandeira Azul em novembro. O problema da falta de água no chuveiro público será resolvido com a construção de um poço artesiano. Será uma solução provisória até que a Prolagos faça as obras da nova rede de esgotos e de abastecimento de água para os quiosques. Quanto aos recursos para a construção dos 17 quiosques, o pedido de financiamento já está em fase de análise técnica no Ministério do Turismo”, disse o secretário.

Representante do 25º BPM, o capitão Matias disse que, apesar das dificuldades de efetivo, o batalhão irá dar atenção especial à área turística do Peró, que vem recebendo um número expressivo de turistas estrangeiros. A presidente do Cabo Frio Convention Bureau, Maria Inês Oliveiras, confirmou. “Nos eventos onde vendemos Cabo Frio, o Peró vem se destacando por causa das qualidades naturais da praia e da Bandeira Azul. Vários pacotes já estão fechados para o verão”, comentou.

O secretário de Turismo, Paulo Cotias, disse que Cabo Frio será pioneiro na captação de recursos para o Fundo Municipal de Turismo, com aporte inicial de R$ 700 mil. Parte dos recursos vai para o Peró: “Através do projeto Territórios Turísticos, da Bandeira Azul e de outras ações, vamos transformar o Peró num grande pólo indutor de turismo”, garantiu Cotias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezessete − 4 =