Cabo da Marinha morre ao ser atingido por bala perdida na Zona Norte de Niterói

Infelizmente não resistiu aos ferimentos e faleceu, na noite de quarta-feira (20), no Hospital Estadual Azevedo Lima (Heal), no Fonseca, Zona Norte de Niterói, o cabo da Marinha e estudante de Segurança Pública da Universidade Federal Fluminense (UFF) Klinsmann de Araújo, de 25 anos. Ele foi internado após ser baleado em meio a um confronto entre agentes do Niterói Presente e criminosos na Avenida João Brasil, na Engenhoca. Klinsmann, conhecido como Yami, era oriundo de Manaus e integrava a equipe de esportes da Atlética E-Sports.

Policiais Militares da Operação Niterói Presente realizavam patrulhamento pela Alameda São Boaventura, nas imediações da 78ª DP (Fonseca), quando foram informados que haveria dois criminosos armados praticando roubos nas proximidades. Em seguida, na Rua João Brasil, no bairro da Engenhoca, os agentes avistaram quatro suspeitos em duas motocicletas. Ao perceberam a aproximação dos agentes, houve confronto e perseguição até as imediações da comunidade Nova Brasília. Dois suspeitos foram presos: Marlon Mello Pagliassi, de 18 anos, e Paulo Victor Militão Vieira, de 25 anos. Com eles foram recuperado quatro celulares roubado. Outros dois bandidos conseguiram fugir.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *