Brizola Neto viaja para a China para representar o PDT

Wellington Serrano –

O ex-ministro Brizola Neto (PDT), a convite do Partido Comunista da China (PCCh), viaja nesta sábado (16) para o país, onde vai representar o PDT num debate sobre a crise econômica e política do Brasil, a importância da candidatura de Ciro Gomes, em 2018, além da integração das instituições com foco no desenvolvimento social. Todas as despesas serão custeadas pelo governo chinês. Integrantes do PTdoB, que agora se chama Avante, também integram a comitiva.

De acordo com Brizola Neto, a China com 1,3 bilhão de habitantes e a segunda maior economia do mundo é um exemplo para o Brasil. “No ritmo atual, a China deverá superar os Estados Unidos e se tornar a maior economia do mundo até 2030”, ressaltou.

Ele disse que, por isso, este é o momento de demonstrar o potencial brasileiro, com destaque para o Rio de Janeiro. “Entendo que a ocasião é favorável para a prospecção de negócios que, consequentemente, podem vir a gerar investimentos e empregos. Por isso, considera como grande responsabilidade em estar neste evento”, concluiu.

Ao reafirmar a importância da candidatura de Ciro Gomes a presidente da República, Brizola confirmou a necessidade de defesa da soberania e das riquezas nacionais, que são fundamentais, segundo ele, para garantir a retomada do crescimento e da independência do país.

“A candidatura do Ciro é consistente diferente da do Lula que passa por momentos de definições em vários processos. No entanto, não compactuo com perseguição ao ex-presidente Lula, que é o segundo mais popular do Brasil. Essa situação tem um peso forte na eleição. Nosso partido acredita que o campo popular e da esquerda tenha um projeto que não tenha que ficar debatendo o passado”, concluiu o pedetista.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *