Brechó ao ar livre leva moda, cultura e gastronomia à Praça Zé Garoto neste sábado

A Praça Zé Garoto, no Centro, vai se transformar em um grande polo de moda, cultura e gastronomia no próximo sábado (26), das 10h às 17h. Com um conceito de consumo sustentável e ocupação de locais públicos da cidade, o Bazaré reúne cerca de 300 peças, entre roupas, sapatos e bolsas.

A idealizadora do Bazaré, a fotógrafa Mariana Cardinot, conta que a inspiração para incentivar o desapego veio da própria casa e de amigos que contavam comprar novas peças, apesar de tantas guardadas e usadas pouquíssimas vezes. O objetivo é mostrar que é possível se vestir reciclando as peças do guarda-roupa.

“Quando você encoraja alguém a desapegar, você mostra que não é preciso de tanto para viver. Um guarda-roupa lotado não é sinônimo de praticidade e nem de looks variados porque a pessoa acaba usando sempre as mesmas peças. Desapegar é uma verdadeira renovação”, afirma.

Com uma programação variada, o Bazaré quer aproximar pessoas e tornar São Gonçalo uma referência em opções culturais, promovendo o encontro de produtores locais, que muitas vezes não são conhecidos pelos moradores. Na praça, o público vai poder apreciar as cervejas artesanais da Dois Lados, degustar a massa do Gusto Di Pizzas, o hambúrguer do Nobre’s Food Truck, o açaí dos Los Tropicales e as tortas e bolos da La Dociê.

“A gente quer enfatizar a capacidade do município de produzir e promover moda, arte, entretenimento e diversão. Quantas vezes nós saímos daqui para buscar isso em municípios vizinhos? O Rio já tem feiras tradicionais e eu queria trazer isso para cá, proporcionando uma troca de ideias a sabores”, explica Mariana.

Quem for ao Bazaré poderá ainda doar alimentos não-perecíveis para o Abrigo Cristo Redentor, que atende cerca de 150 idosos, com seis refeições diárias e equipe multidisciplinar. O evento conta com o apoio da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo de São Gonçalo.

Programação – Pela manhã, serão realizados dois workshops: tie dye, técnica de tingimento de roupas, com o ateliê Una, e de reggaeton, com o coreógrafo Raphael Centurião, que já fez parte do corpo de bailarinos de Anitta e Valesca Popozuda. À tarde, a programação conta com apresentação circense, bate-papo com as blogueiras gonçalenses Thayná Freire, Ju Black, Ingrid Quintanilha, Ingrid Roberta e Rachel Marins sobre dicas de garimpo para comprar em brechós. Depois, tem roda de capoeira com a Associação Modelo Cultural Kikongo e batalha do passinho com a Rede Funk. O encerramento fica por conta da banda Urbana Reggae.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois + 14 =