Brasil ultrapassa 525 mil óbitos pela Covid-19

O país registrou entre domingo (4) e hoje (5) 754 mortes e 25.796 casos positivos, chegando a um total de 525.229 óbitos e 18.792.076 casos desde o início da pandemia. Com esses números, a média móvel de óbitos, dos últimos 7 dias, chegou a 1.575.

De 17 de março até 10 de maio, foram 55 dias seguidos com essa média móvel de mortes acima de 2 mil. No pior momento desse período, a média chegou ao recorde de 3.125, no dia 12 de abril.

Veja a sequência da última semana na média móvel de óbitos:

  • Terça (29): 1.603
  • Quarta (30): 1.572
  • Quinta (1°): 1.558
  • Sexta (2): 1.542
  • Sábado (3): 1.554
  • Domingo (4): 1.562
  • Segunda (5): 1.575

ESTADO DO RIO PASSA DOS 56 MIL ÓBITOS

A Secretaria de Estado de Saúde do Rio (SES) registrou, entre domingo (4) e hoje (5), 774 casos positivos da covid-19 e apenas 8 óbitos. Com isso, o estado chegou a um total de 966.888 casos confirmados e 56.039 óbitos por coronavírus desde o começo da pandemia em março de 2020. A taxa de letalidade da covid-19 no Rio está em 5,80%, a maior do país. Entre os casos confirmados, 902.869 pacientes se recuperaram da doença.

Segundo o painel de dados desenvolvido pela pasta, a taxa de ocupação de Unidades de Terapia Intensiva (UTI) para a covid-19 no estado é de 59,0%. Já a taxa de ocupação nos leitos de enfermaria é de 40,0%.

São Paulo também lidera no número de casos, com 3.790.090, seguido por Minas Gerais (1.828.904) e Paraná (1.305.082). Os estados que tiveram menor número de registros positivos de covid-19 foram Acre (85.983), Amapá (117.927) e Roraima (113.568). 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois − 1 =