Brasil ultrapassa 520 mil óbitos

Doze dias depois do país atingir 500 mil mortos pela Covid-19, hoje (1º/07) o Brasil chegou a marca de 520.189 óbitos depois de registrar 1.943 mortes entre quarta-feira (30/06) e hoje. Com isso, a média móvel de mortes nos últimos 7 dias chegou a1.558, o menor número desde o dia 8 de março (quando estava em 1.540).

De 17 de março até 10 de maio, foram 55 dias seguidos com essa média acima de 2 mil. No pior momento desse período, a média chegou ao recorde de 3.125, no dia 12 de abril.

Já os casos confirmados, o país chegou a 18.622.199. Com 63.035 desses confirmados quarta-feira (30/06) e hoje.

Estado do Rio se aproxima de 1 milhão de casos

A Secretaria de Estado de Saúde do Rio (SES) registrou entre quarta-feira (30/06) e quinta-feira (1º/07) um total de 2.296 novos casos e 233 óbitos pela Covid-19. Isso fez com que o estado alcançasse 960.495 casos confirmados e 55.703 óbitos desde o início da pandemia. A taxa de letalidade da covid-19 no Rio está em 5,80%, a maior do país. Entre os casos confirmados, 895.595 pacientes se recuperaram da doença.

Segundo o painel de dados desenvolvido pela pasta, a taxa de ocupação de Unidades de Terapia Intensiva (UTI) para a covid-19 no estado é de 61,7%. Já a taxa de ocupação nos leitos de enfermaria é de 40,3%.

O balanço diário do Ministério da Saúde também traz os dados por estado. No alto do ranking de mortes por covid-19 estão São Paulo (128.322), Rio de Janeiro (55.703), Minas Gerais (46.459), Rio Grande do Sul (31.497) e Paraná (30.943). Na ponta de baixo estão Acre (1.741), Roraima (1.747), Amapá (1.838), Tocantins (3.227) e Alagoas (5.360).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.