Brasil registra quase 8 mil óbitos por Covid-19 em 48h

O país está no 77º dia consecutivo com o índice acima de mil, no momento que já é considerado o pior de toda a pandemia no país. Isso se confirma pela variação na média de 14 dias atrás, que hoje é de 21%, indicando que a curva de óbitos segue em ascensão. Logo depois de passar de 4 mil óbitos diários, o Brasil registrou hoje 3.733 óbitos. Os dois números, somados, dão o funesto resultado de 7.928 pessoas mortas.

Este é o terceiro dia com mais mortes diárias por Covid-19. O dia mais letal foi na terça-feira (6), com 4.195 mortes confirmadas. O segundo foi em 31 de março, quando morreram 3.950 pessoas.

A quantidade de novos casos de Covid-19 também não para de subir. De ontem para hoje, foram 90.973 testes positivos, chegando a um total de 13.197.031 pessoas já infectadas. O índice de novos infectados confirmados em 24 h só não é pior do que a observada em 25 de março, quando o número foi de 97.586.

Datas com maiores registros de óbitos da pandemia no Brasil

  • 06/04/2021 – 4.195
  • 31/03/2021 – 3.950
  • 07/04/2021 – 3.733
  • 01/04/2021 – 3.673
  • 30/03/2021 – 3.668
  • 26/03/2021 – 3.600
  • 27/03/2021 – 3.368
  • 23/03/2021 – 3.158

Estado do Rio tem 5 mil novos infectados por Covid-19 em 24h

A Secretaria de Estado de Saúde do Rio (SES) informou que registrou, até esta quarta-feira (7), 666.025 casos confirmados e 38.282 óbitos por coronavírus no estado. Nas últimas 24h, foram contabilizados 5.118 novos casos e 242 mortes. Entre os casos confirmados, 619.894 pacientes se recuperaram da doença.

Segundo o painel de dados desenvolvido pela pasta, a taxa de ocupação de Unidades de Terapia intensiva (UTI) para a covid-19 no estado é de 91.6%. Já a taxa de ocupação nos leitos de enfermaria é de 79.6%.

A capital lidera o número de infectados, com 233.424 casos. Em seguida, entre os municípios com maior número de infectados, aparecem São Gonçalo (35.708), Niterói (31.474), Volta Redonda (22.795), Campos dos Goytacazes (20.507) Macaé (19.839), Belford Roxo (17.997), Duque de Caxias (17.466) e Nova Iguaçu (13.820.

Entre o número de mortos, a liderança também é da capital, com 21.177 óbitos. Em seguida, entre os municípios com maior número de casos fatais, estão São Gonçalo (1.692), Niterói (1.300), Nova Iguaçu (1.157), Duque de Caxias (1.142), Campos dos Goytacazes (842), São João de Meriti (753) e Belford Roxo (467).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

13 − dez =