Brasil chora a perda de mais de 300 mil brasileiros

Além da triste marca dos 301.087 mil mortos o país também atingiu o segundo maior dia com mais casos de infecção confirmados por exame. Um total de 90.504 mil brasileiros foram infectados. Em 24h o Brasil registrou 2.244 mortes pela Covid-19.

Em 5 de março o Brasil ultrapassou os Estados Unidos e se tornou o país com maior número diário de mortes. Ainda há 3.446 mortes em investigação por equipes de saúde, mas o número de pessoas infectadas desde o início da pandemia totalizou na quarta-feira (24) 12.220.011.

Em 12 de março aconteceu o primeiro óbito por Covid-19 no Brasil. Para chegar a marca de 100 mil mortos, o país levou 149 dias, atingindo o número em 8 de agosto de 2020. Já os 200 mil mortos, foram registrados 152 dias depois, em 7 de janeiro de 2021.

Desde então, foram apenas 76 dias para o Brasil alcançar a devastadora marca de 300 mil óbitos.

O ranking de estados com mais mortes pela covid-19 é liderado por São Paulo, com 68.904 registros. Em seguida, aparecem Rio de Janeiro (35.373), Minas Gerais (22.497), Rio Grande do Sul (17.748) e Paraná (14.454).

Já as unidades da federação com menos óbitos são Acre (1.210), Amapá (1.253), Roraima (1.301), Tocantins (1.860) e Sergipe (3.347)

Mudança na contagem de óbitos

O dia também ficou marcado por uma mudança no sistema que o Ministério da Saúde fez para preenchimento obrigatório em registro de mortos em decorrência da covid-19 no sistema Sivep Gripe. Após receber críticas e pedidos do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) e o Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems), a pasta recuou e cancelou a alteração.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois + 13 =