Brasil chega a 500 mil mortes pela Covid-19

Meio milhão de pessoas morreram em decorrência da Covid-19 no Brasil. A trágica marca foi atingida na tarde deste sábado (19). Em 19 de junho de 2020 o Brasil tinha 49.090 óbitos registrados. Um ano depois, o número de óbitos subiu mais de 1.000% chegando, neste fim de semana a 500 mil. Quase toda a população de Niterói, que tem 515.317 pessoas.

O triste marco, a ser alcançado e que mantém o Brasil como o segundo país do mundo com maior número de vítimas fatais da Covid atrás apenas dos Estados Unidos (601 mil óbitos) também chega no início do inverno, quando a incidência de infecções respiratórias tem uma elevação, e em um momento em que aumentam as preocupações com variantes mais transmissíveis do coronavírus.

Os Estados Unidos estão com os óbitos acima de 600 mil, mas já estão com 44% da população vacinada. Enquanto o Brasil está chegando nos 500 mil mortos, com pouco mais de 11% da população imunizada.

LINHA DO TEMPO

Desde que a pandemia começou, em março de 2020, o país levou 149 dias para chegar aos 100 mil óbitos, registrando o número no dia 08 de agosto de 2020. Já a marca de 200 mil mortos foi atingida no dia 07 de janeiro de 2021.

Em pouco mais de dois meses, no dia 24 de março deste ano, o país totalizou 300 mil mortes.

Os 400 mil óbitos vieram ainda mais rápido. No dia 29 de abril de 2021.

Atualmente com 498.499 óbitos, registrados na sexta-feira (18), é esperado que o país atinja meio milhão de mortos ainda no sábado (19), baseado registro de mortes a cada dia.

Só em seis meses de 2021, o país registrou mais mortes (303.550 óbitos) do que os dez meses de pandemia de 2020, quando foram contabilizados 194.949 vítimas fatais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quatro × 5 =