Botafogo usa jogo contra o Figueirense como modelo de insistência

O Botafogo insistiu o tempo todo no jogo contra o Figueirense a acabou sendo premiado nos acréscimos do segundo tempo, quando o volante Bruno Silva anotou o gol da vitória após completar o arremate de Rodrigo Pimpão. A forma como a equipe carioca se comportou no estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis (SC), deve servir de modelo de insistência e luta para a sequência da competição. Pelo menos essa é a visão do técnico Jair Ventura e dos atletas botafoguenses.

“O jogo contra o Figueirense deve servir de exemplo pela maneira como nós nunca desistimos da vitória. Para muitos o empate nem seria um resultado ruim, mas a gente sabia que poderia buscar os três pontos pela maneira como a equipe estava se comportando. Tem momentos em que temos que correr riscos e esse foi um deles. Esse risco foi recompensado e conseguimos o nosso objetivo”, disse o zagueiro Joel Carli.

Jair Ventura lembrou que a equipe chegou a correr riscos na luta pela vitória. “Isso deve servir de exemplo porque em nenhum momento podemos desistir da vitória. Conquistamos seis pontos desta maneira, se somarmos ainda o jogo contra o São Paulo. Esse Campeonato Brasileiro está muito equilibrado e por isso mesmo o jogo todo precisa ser disputado com a intensidade de quem pretende conquistar as vitórias. Fomos premiados contra o Figueirense porque não deixamos de acreditar”, avaliou o treinador.

A delegação do Botafogo retornou ao Rio de Janeiro no início da tarde desta segunda-feira e os jogadores seguiram diretamente para General Severiano. Os titulares contra o Figueirense fizeram um trabalho regenerativo, de fortalecimento de musculatura, enquanto os reservas foram a campo.

Para o jogo contra o Internacional, nesta quarta-feira, às 21h45 (de Brasília), na Arena Botafogo, no Rio de Janeiro (RJ), pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro, Jair Ventura não poderá contar com o volante Bruno Silva, que vai cumprir suspensão por ter sido advertido com o terceiro cartão amarelo contra o Figueirense. Se estiver recuperado de dores na panturrilha esquerda, o lateral Diogo Barbosa será improvisado no meio. A outra possibilidade é a entrada de Dudu Cearense.

Nesta terça-feira o plantel volta a treinar pela manhã e Jair Ventura vai definir a escalação para o choque com o Colorado. Com 44 pontos conquistados, o Glorioso pode ingressar no G6, a zona de classificação para a Copa Libertadores, em caso de um triunfo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *