Bombeiros, enfim, liberam desfiles na Sapucaí

Uma força-tarefa do Corpo de Bombeiros liberou, aos 50 minutos do 2º tempo, as arquibancadas e a pista da Marquês de Sapucaí, na noite de hoje (19). O secretário de Estado de Defesa Civil e o comandante-geral do Corpo de Bombeiros, coronel Leandro Monteiro, informaram que o Sambódromo foram inspecionadas e liberadas para o Desfile das Escola de Samba de 2022, da Série Ouro e Grupo Especial. No entanto, camarotes e carros alegóricos ainda estão sendo vistoriados.

“Fizemos um trabalho minucioso. Todos os equipamentos de segurança foram adequadamente instalados. As outras instalações de camarotes e montagens temporárias seguem processos individuais de regularização, bem como os carros alegóricos para o desfile”, disse.

Desde a última segunda-feira, o Corpo de Bombeiros tenta a regularização do espaço, informou em nota.

“São dois anos de espera. Sabemos da importância do maior espetáculo da Terra para o Estado do Rio de Janeiro, mas vidas tem que ser preservadas. Não iremos permitir que camarotes funcionem sem a devida documentação. Tem espaços pedindo autorização para até quatro mil pessoas. Caso não haja documentação, projetos, escape, sinalização e outras exigências, iremos interditar, não tem jeito”, completou.

Desfiles correram risco de não acontecer

Até a manhã desta terça-feira (19), a RioTur e a Liga das Escolas de Samba (Liesa) não tinham obtido o alvará do Corpo de Bombeiros a pouco mais de 24 horas do início do evento.

Foram dois anos de interrupção por causa da Covid-19, que deixou a Sapucaí dessa forma: vazia – Arquivo

De acordo com a assessoria de imprensa da RioTur, es etapas do trâmite de liberação foram feitas ao longo desta terça (19). Durante a manhã, foi assinado o contrato com a brigada de incêndio que irá ficar de prontidão durante os desfiles. Esta, segundo a RioTur, é uma exigência complementar ao licenciamento.

Os desfiles iniciam com as Escolas de Samba da Série Ouro, antigo Grupo de Acesso. Por mais irônico que possa parecer, a Em Cima da Hora abre o cotejo a partir das 21h de amanhã (22). Neste primeiro dia, ainda terá os desfiles da Acadêmicos do Cubango na sequência, Porto da Pedra (quarta escola), e encerra com a Acadêmicos do Sossego (sétima escola). A atual campeã, a Unidos do Viradouro entra na avenida do samba na sexta-feira (22), sendo a quinta agremiação.

Foto: Desfile da Viradouro em 2020, que terminou com o título da vermelho e branco de Niterói – Arquivo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.