Bolsonaro lidera pesquisa entre eleitores do Rio

Anderson Carvalho –

Assustado com o crescimento da violência, uma parte expressiva do eleitorado fluminense prefere votar no pré-candidato do PSL à Presidência da República, o deputado federal Jair Bolsonaro (RJ), que defende a liberação do porte de armas para a população e maior rigor no combate à violência. Segundo levantamento feito e divulgado ontem pelo Instituto Paraná Pesquisas, o pré-candidato teria, em um primeiro cenário sem a presença do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, 29,1% das intenções de voto. Em cenário com Lula, há empate técnico: Bolsonaro tem 26,6% contra 25,5% do petista. A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral sob o número BR-05599/2018.

No cenário sem Lula, Marina Silva ficaria em segundo lugar, com 15,2% das intenções de voto; seguida de Ciro Gomes (PDT), com 8,7%; Gerado Alckmin (PSDB), 4%; Álvaro Dias (Podemos), 3,7%; Rodrigo Maia, 2,3%; Manuela D’Ávila (PC do B), 1,9%; Fernando Haddad (PT) e Henrique Meirelles (MDB), 1,4% cada um; João Amoedo (Novo), 1,3% e Guilherme Boulos (PSOL), 0,5%. Declararam não votar em nenhum dos nomes citados 25,4% dos entrevistados. Indecisos somam 5,1%.

Com Lula na disputa, sem as eleições fossem hoje, Marina estaria atrás de Bolsonaro e Lula, com 10,4%; seguida de Ciro, com 6,1%; Alckmin, 3,4%; Álvaro, 3,1%; Rodrigo, 1,5%; Manuela, 1,3%; Meirelles, 1,2%; Amoêdo, 1,1% e Boulos, 0,4%. Disseram não votar em ninguém, 16,2% dos entrevistados e 3,2% declararam-se indecisos.

Governo Michel Temer
A gestão do presidente Michel Temer foi considerada péssima por 66,6% dos entrevistados. Já 12,8% a consideraram ruim; 14,9%, regular; boa para 3,5% e ótima para 0,5%. Não souberam ou não quiseram opinar, 1,7%. O governo foi reprovado por 88,7% e aprovado por 7,8%. Não souberam ou não quiseram responder, 3,4%.

Para a pesquisa foram ouvidos 1.860 eleitores de 46 municípios fluminenses, com idade de 16 anos ou mais, durante os dias 14 a 19 deste mês. A margem de erro está em aproximadamente 2,5% para mais ou para menos e o nível de confiança é de 95%.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quatro + onze =