Beneficiado pelo STF, Rabicó aguarda julgamento em liberdade

Condenado a mais de 27 anos e cumprindo pena numa unidade prisional de segurança máxima, em Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, Antonio Hilário Ferreira, conhecido como Rabicó, considerado um dos criminosos mais perigosos de São Gonçalo, foi beneficiado pela Justiça e está solto.

Há cerca de uma semana ele obteve decisão favorável no Supremo Tribunal Federal (STF) e o ministro Marco Aurélio Mello concedeu liminar, permitindo que ele aguardasse em liberdade o pedido de recurso diante do processo que o mantinha preso. Segundo fontes policiais, Rabicó ainda mantém sua posição de principal liderança do tráfico no Complexo do Salgueiro, em São Gonçalo. Rabicó estava preso há mais de 11 anos e tem condenação em três processos por tráfico. Em nenhuma delas, no entanto, a sentença de condenação é definitiva.

Em abril desse ano, também segundo a Polícia, criminosos fortemente armados denominados “bonde do Rabicó” teriam promovido uma caçada em comunidades em São Gonçalo para capturarem e matarem Thomas Jhayson Vieira Gomes, o que teria provocado um racha na facção CV, matando o então aliado Schumaker Antonácio do Rosário, fugindo do Salgueiro, abandonando o CV e passando para facção rival TCP (Terceiro Comando Puro), passando a se autodenominar 3N.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *