Bela Vista quer vencer dentro e fora de campo

Pedro Conforte –

Fundado em 1977, o Bela Vista é mais um time de Niterói que tenta seu lugar ao sol no futebol carioca. Atualmente disputando o Estadual Série B2, a equipe acumula duas vitórias e duas derrotas e está a apenas três pontos do primeiro colocado do grupo, o que coloca o time em situações reais de passar de fase. Apesar do momento bom dentro de campo, fora das quatro linhas o Bela Vista precisa de ajuda para arcar com as despesas e manter o sonho de subir.

O diretor do time, Mario Braulio Pontes, explica que a intenção inicial era se preparar para o ano que vem, fortalecendo o quadro de jogadores e fazendo um planejamento financeiro, porém caso não participasse da competição em 2018 o Bela Vista seria rebaixado, além de ter que pagar uma multa.

“No Carioca, ao todo são três times, o profissional, o sub 20 e o sub 17. Além deles nós temos cerca de 200 atletas no nosso quadro defendendo as cores do Bela Vista. Isso se dá porque temos este projeto de inclusão, porém não estamos conseguindo arcar com as despesas. Até agosto conseguimos, mas agora estamos zerados. Em média, são R$ 30 mil para manutenção da equipe e despesas com a competição”, explicou Mario Braulio.

O Bela Vista tenta uma parceria com setores privados para garantir a sequência nas competições.

“Se faz necessária essa parceria, temos um ótimo planejamento para 2019, mas temos que sobreviver a 2018. Queremos vencer dentro e fora de campo”, completou o diretor, que lembrou ainda quem quiser ajudar o time é só ir ao Núcleo Campo do Mineirinho, no bairro São Lourenço, às terças, quartas e quintas-feiras, quando o Bela Vista treina.

Atualmente, a equipe dá os mandos de campo no Alzirão, em Itaboraí, mas o sonho do Bela Vista é jogar em Niterói, no Caio Martins.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 × dois =