Bebê de três meses recebe alta do CTI em SG

Depois de 26 dias internada no Centro de Tratamento Intensivo do Pronto Socorro Infantil de São Gonçalo, a pequena Heloísa Cristine Nunes dos Santos, de apenas três meses, recebeu alta na tarde de terça-feira (16) da unidade intensiva. Contaminada pelo novo coronavírus, a pequena foi internada em estado grave, entubada, extubada e entubada de novo. Mas, neste final de semana, reagiu ao tratamento e se recuperou. Sorridente, deixou o CTI sob aplausos dos profissionais de saúde.

Com os olhinhos bem abertos, prestando atenção em todos os movimentos no Centro de Tratamento Intensivo (CTI), Heloisa foi o xodó dos médicos, enfermeiros, fisioterapeutas e demais profissionais que cuidaram dela diariamente.

“É uma sobrevivente. Nasceu de novo. Chegou aqui com uma síndrome respiratória aguda grave, baixo peso, saturando 83%, pressão baixa, enfim, bem grave. A equipe agiu rápido e ela foi entubada”, explica a médica Tamele Sales.

O procedimento foi mantido por uma semana. Após uma pequena melhora em seu quadro clínico, os médicos decidiram pela extubação. Mas a saúde de Heloísa voltou a ter complicações e ela foi entubada novamente. Chegou a fazer três transfusões de sangue e plaquetas.

Alguns integrantes da equipe médica e de enfermagem chegaram a acreditar que a menina não sobreviveria devido à gravidade do seu quadro clínico.

Pesando agora 3,5 quilos, lúcida, com 98% de saturação, a pequena Heloísa vai se recuperando ainda no Pronto Socorro Infantil, agora na enfermaria. A previsão dos médicos é de que ela deixe a unidade até esta sexta-feira.

De acordo com o boletim atualizado da Secretaria Municipal de Saúde, a cidade de São Gonçalo registrou mais sete óbitos em decorrência do novo coronavírus (Covid-19), ontem, chegando a 291 no total. Ao todo, São Gonçalo contabiliza 10.168 casos suspeitos, 2.672 confirmados, 994 descartados, 723 curados, 291 óbitos confirmados e 29 óbitos em investigação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *