BBB no trânsito: motoristas serão multados por câmeras

Os motoristas que trafegam nas ruas de Niterói vão participar de uma espécie de reality show, cujo prêmio é cumprir a lei e dar um bom exemplo de cidadania. Isto porque as milhares de câmeras de monitoramento do Centro de Controle Operacional (CCO) vão reforçar a fiscalização das infrações de trânsito. E, com isso, a ausência do agente de trânsito não mais representará impunidade ou alívio para aqueles que insistem, principalmente, em avançar sinais ou falar ao celular em locais onde o guarda não está presente. A nova fiscalização da Niterói Transporte e Trânsito (NitTrans) vale a partir de hoje (21).

“O Código de Trânsito Brasileiro permite que a fiscalização de trânsito seja feita por equipamento audiovisual e que motoristas infratores sejam autuados. Além do flagrante feito pelo agente de trânsito, que por si já é válido, teremos também imagens comprovando a infração. Portanto, as câmeras do CCO, que já são utilizadas no nosso planejamento de trânsito para monitorar o fluxo e o volume de veículos, nos servirão também para autuar motoristas que estejam cometendo irregularidades”, disse o presidente da NitTrans, Gilson Souza.

Segundo o subsecretário de Transporte e Trânsito de Niterói, Murillo Moreira, o videomonitoramento vai melhorar o trabalho dos agentes de trânsito da cidade. “O uso das câmeras para fiscalização possibilita ampliar a área a ser monitorada, otimizar a atuação dos agentes de trânsito nas ruas, aumentar a disponibilidade destes profissionais em todas as regiões da cidade e assim garantir mais eficiência e eficácia na gestão do trânsito da cidade”.

A decisão de expandir o uso das câmeras para a fiscalização de infrações é entendida como medida colateral, enquanto o principal meio para tornar o trânsito da cidade cada vez mais pacífico continua sendo a “Educação Para o Trânsito”, como enumera a chefe deste setor da NitTrans, Priscilla Rocha.

“As ações educativas acontecem o ano inteiro, nas escolas, nas ruas, e agora mais do que sempre por meios virtuais. Oferecemos palestras, realizamos eventos e divulgamos campanhas. Buscamos alcançar as pessoas em todos os ambientes, na sala de aula, na faixa de pedestres, no banco do ônibus e na tela do celular. Nossa intenção é que todos entendam que o trânsito depende da boa ação coletiva: quando o motorista comete uma infração de trânsito está sempre colocando a si e a outra pessoa em risco ou em prejuízo. Por exemplo, quando circula na ciclovia pode atropelar um ciclista; quando estaciona na calçada prejudica a circulação de pedestres; quando não respeita a preferência pode causar um acidente” – argumentou.

Placas pela cidade

Avisos já estão nas ruas de Niterói – Foto: Enviada pelo leitor A Tribuna

A Prefeitura de Niterói já começou a espalhar placas pela cidade, alertando sobre a nova modalidade de fiscalização. No aviso, também é possível encontrar a resolução do Contran que permitiu o monitoramento por meio de câmeras.

Camilla Galeano

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 × três =