Barroca quer manutenção da postura contra o Atlético-MG

O Botafogo foi derrotado no clássico para o Flamengo, pelo Campeonato Brasileiro. Apesar do mau resultado, a postura da equipe em campo agradou o técnico Eduardo Barroca. Para o treinador, se os alvinegros repetirem a atuação amanhã, contra o Atlético-MG, pela Sul-Americana, o time pode sair de campo com a classificação.

“Teremos desafio muito difícil, mas não tenho dúvida que faremos um grande jogo contra o Atlético-MG se transferirmos essa atitude. No primeiro jogo, não conseguimos o resultado, mas o jogo ficou aberto. Precisamos recuperar e procurar as soluções internas. Não podemos fazer reclamações, os jogadores que temos são esses. Temos totais condições de fazer grande e buscar a classificação. É pegar tudo que aconteceu no jogo contra o Flamengo e fazer ajustes para que tenhamos uma plenitude de atuação contra o Atlético-MG”, disse.

Barroca tem um problema para a partida em Belo Horizonte. Sem poder contar com Gabriel, que pertence ao Atlético-MG, o treinador também não terá Joel Carli, expulso no duelo de ida. Com isso, apenas Marcelo Benevenuto é zagueiro de ofício para o confronto.

“Sobre a zaga, nem trouxe o Marcelo para o banco. Ele sofreu uma pancada. Temos esse problema. Vamos botar um jogador que não é da posição. São os jogadores que temos, são os que estão escritos. Vou procurar solução interna. Não defini ainda quem é o substituto”, declarou.

A tendência é a de que Eduardo Barroca opte por escalar o volante Jean improvisado no setor. Outra opção é recuar Cícero para o setor. O Botafogo precisa vencer o Atlético-MG para avançar na Sul-Americana. No jogo de ida, no Nilton Santos, os mineiros venceram pelo placar mínimo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois + catorze =