Barreira interdita a Serra do Mato Grosso entre Saquarema e Maricá

A serra que liga os municípios de Maricá e Saquarema continua interditada após as chuvas que atingiram a região no último fim de semana. Todos equipamentos e homens necessários às limpezas preliminares estão em ação no local. No último sábado, equipes do DER-RJ auxiliaram no resgate de pessoas que estavam em 4 veículos que ficaram presos em trechos entre quedas de barreiras.

O Governo do Estado, por meio do DER-RJ – órgão vinculado à Secretaria das Cidades – atua no local desde as primeiras horas de sábado. A primeira medida foi a interdição da rodovia ao tráfego. 

De acordo com ele, a via só será liberada quando tiver trafegabilidade e segurança para as pessoas. Geólogos foram acionados para investigar o caso, o que vai demandar mais tempo.

“Nós estamos com muitas máquinas lá e temos que fazer um projeto urgente para ver a causa disso ter acontecido. As chuvas foram fortes, foram fortes, mas hoje existe uma causa que a gente tem que realmente partir e resolver”, finalizou dizendo o secretário.

Na manhã da última segunda-feira (4), o Secretário das Cidades, Uruan Andrade, o presidente do DER-RJ, Herbert Marques, o Diretor de Obras e Conservação, José Milton Couto, o Engenheiro Responsável pela 9ª Residência de Obras e Conservação, Paulo Vinícius, e o assessor Regional, Adriano Mattos, realizaram vistorias na Serra que marca a divisa dos municípios de Maricá e Saquarema.

São mais de dez pontos de deslizamentos e será feito um diagnóstico para avaliar o comportamento do solo devido ao grande volume de água ainda presente no maciço.

“Trata-se de um trabalho complexo, mas acreditamos que de 7 a 10 dias teremos condições de trafegabilidade na estrada”, afirma Uruan.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.