Barcas ficam mais caras a partir de fevereiro

Wellington Serrano –

A Agência Reguladora de Serviços Públicos de Transportes (Agetransp) autorizou nesta quinta-feira (28) a concessionária CCR Barcas, responsável pelo transporte aquaviário, a reajusta sua tarifa em 2,84% a partir de fevereiro. Com isso, os usuários passarão a desembolsar R$ 6,10 na travessia entre Rio e Niterói, contra os atuais R$ 5,90.

Para a tarifa das linhas sociais de barcas, de acordo com a nota técnica da Capet, o reajuste se referente à variação do IPCA (índice de inflação calculado pelo IBGE) entre fevereiro de 2017 e fevereiro de 2018 (projetado), conforme determina o contrato. Assim, a tarifa base homologada passa de R$ 5,9212 para 6,0897.

A Agetransp também analisou os pleitos de reajuste relativos ao ano de 2018 para a linha seletiva Charitas e para a tarifa turística nas linhas da Divisão Sul. Para Charitas, a agência autorizou a concessionária a passar a tarifa dos atuais R$ 16,50 para R$ 16,90 (2,42%). Já a tarifa turística passa de R$ 16,60 para R$ 17 (2,41%).

Os usuários precisam ser informados pela concessionária com 30 dias de antecedência. As deliberações serão publicadas no Diário Oficial do Estado no dia 2 de janeiro. Ainda segundo a agência reguladora, o novo valor poderá ser cobrado a partir de 2 de fevereiro, no caso das barcas.

Pop Mall consegue reabrir minishopping
O minishopping Pop Mall, que faz parte da expansão da Estação da Praça Arariboia, no Centro de Niterói, após obter os alvarás e licenças necessários para a operação, comemorou as vendas de Natal, segundo a maioria dos nossos lojistas. “Funcionamos em horários estendidos nas semanas anteriores e fizemos algumas ações. Estamos sentindo que, lentamente, a confiança do consumidor para compras está voltando no país e este Natal foi um importante indicativo disto”, disse a gestora do centro comercial, Raquel Gomes.

Segundo ela, os primeiros meses de movimento do shopping foram positivos. “Não podemos reclamar. Pela localização privilegiada sempre temos um fluxo grande de potenciais clientes, tanto os utilizadores do serviço das Barcas quanto os passantes da região central de Niterói. De toda forma nos próximos meses queremos reforçar as ações de divulgação para estabelecer uma clientela de qualidade e recorrente”, concluiu a gestora.

O equipamento, que tem a CCR Barcas responsável pela concessão, foi inaugurado em novembro e, conforme previsto em contrato, parte das receitas geradas pelo empreendimento será revertida para a melhoria da qualidade do serviço oferecido, colaborando para o equilíbrio econômico e financeiro da concessão, além de reduzir o impacto de futuros acréscimos nas tarifas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

8 + treze =