Bando ataca em São Gonçalo para roubar caixa eletrônico

Augusto Aguiar –

Uma quadrilha continua espalhando destruição por onde passa no eixo de São Gonçalo-Itaboraí, detonando caixas eletrônicos para roubar dinheiro, utilizando cargas de dinamite. Durante os ataques, além do terminal os bandidos mandam pelos ares também parte do estabelecimento comercial onde o equipamento está instalado. Foi o que ocorreu no fim da madrugada desta quinta-feira (23) na Estrada do Coelho, em São Gonçalo, onde bandidos destruíram a fachada de uma farmácia para roubar o caixa eletrônico.

O barulho da detonação assustou os moradores que, assustados, não se atreveram a sair de suas casas para ver o que estava acontecendo na rua. O montante do roubo não foi divulgado até o fim da manhã desta quinta e policiais civis devem requisitar as imagens de câmeras de segurança instaladas no mesmo perímetro, que podem ter gravado a ação da quadrilha. “Poxa, esse era o único caixa eletrônico disponível aqui na região e que servia para os momentos de emergência. Agora teremos que nos deslocar bastante se quisermos sacar algum dinheiro”, afirmou um morador.

Outras pessoas que residem nas imediações da farmácia explicaram que ouviram várias grandes explosões durante a madrugada, mas preferiram (por precaução) permanecer dentro de suas casas até o amanhecer. Nas primeiras da manhã eles constataram a destruição. Para retirar o dinheiro do terminal, os bandidos explodiram a fachada e a entrada principal da farmácia. Partes do caixa destruído foram encontrados na rua e na calçada em frente ao estabelecimento. Um pedaço da marquise também caiu. A PM foi acionada, mas não encontrou dos criminosos, que conseguiram fugir.

Na madrugada do dia 19 de outubro, bandidos – que podem pertencer à mesma quadrilha – invadiram um posto de combustíveis situado às margens da BR-101 (altura de Manilha) e destruíram parte da loja de conveniência onde estava instalado um caixa 24 horas. Depois de detonarem uma carga explosiva, não se importando com o perigo de estarem num posto de combustíveis, ele recolheram o dinheiro, cuja quantia não foi mencionada, e fugiram.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

14 − 9 =