Bandidos voltam a desafiar a polícia no Jardim Catarina

Policiais militares do 7º Batalhão (São Gonçalo), de serviço na sede da 3ª Cia da PM, no bairro Jardim Catarina, foram atacados, na madrugada de hoje, por criminosos ligados ao tráfico de drogas na localidade. Os bandidos se aproximaram da base da 3ª Cia, situada na Rua Xavante, e lançaram uma granada na direção de um veículo blindado (o popular “caveirão”) que estava estacionado próximo a unidade.

O artefato explodiu e policiais militares do Grupamento de Ações Táticas (GAT), que estavam de serviço no local não se feriram. O barulho da detonação da granada assustou moradores das imediações, e mobilizou os militares que embarcaram no veículo blindado vasculharam a região para localizar os agressores, que não foram encontrados até o fim da manhã de ontem. O comando do 7º BPM informou que o ataque não deixou feridos, nem causou danos na sede da 3ª Cia ou viaturas.

O último fim de semana foi marcado por vários confrontos no bairro, que espalharam pânico entre os moradores do Jardim Catarina. Pelo menos quatro pessoas foram baleadas, entre elas uma criança de 11 anos, na noite de sábado. A vítima foi socorrida e internada no Hospital Estadual Alberto Torres (Heat), no Colubandê. Várias ações do 7º BPM, com apoio de blindado foram direcionadas para a região.

No domingo, policiais do 7º BPM foram atacados a tiros por bandidos, que efetuaram disparos contra uma viatura que realizava patrulhamento pela Rua Souza Lopes. Durante uma das operações realizadas no bairro, outras duas pessoas foram feridas. Ainda sob clima de tensão, na tarde de domingo durante confronto entre PMs e traficantes, um homem (não identificado) foi baleado. Ele chegou a ser socorrido, mas morreu ao dar entrada no Heat. Com ele foi apreendida uma pistola, calibre 45. Outro acusado foi preso quando estava num carro com placa “clonada”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *