Banca de jornal é arrombada no Centro; mais de 400 maços de cigarro foram furtados

Três pessoas foram presas em flagrante, na madrugada desta quarta-feira (26), após arrombar e furtar uma banca de jornal localizada na Avenida Visconde do Rio Branco, no Centro de Niterói. A ação foi coordenada por policiais militares que conseguiram localizar os suspeitos nos acessos à Comunidade do Sabão, que também fica na Região Central da cidade.

Segundo informações do 12º BPM (Niterói), esta é a sexta vez que o estabelecimento é alvo de ação criminosa, sendo a primeira neste ano. No local, diversos itens foram furtados. A maior parte deles maços de cigarro, que seriam utilizados para abastecer o mercado clandestino. O batalhão informou que o crime aconteceu por volta de 4h15min.

Os agentes informaram que estavam em patrulhamento pela região quando receberam um acionamento, via 190, informando que a banca, que fica próximo à esquina com a Rua Marquês de Caxias, havia sido alvo da ação criminosa. Os policiais foram mobilizados ao local, confirmaram o fato, mas os bandidos já tinham fugido.

Na sequência, a equipe policial iniciou buscas pela região. Os suspeitos foram localizados em um dos acessos à comunidade. Ainda segundo os PMs, os três suspeitos tentaram cobrir uma caixa com os produtos furtados usando um lençol. Além disso, um dos acusados tentou fugir, mas acabou sendo detido pelos policiais.

Durante averiguação, os agentes encontraram os materiais furtados da banca. Contabilidade feita pela equipe do batalhão apontou que havia 414 maços de cigarro, cinco carregadores de celular, seis cabos de dados, um fone de ouvido, seis incensos, 22 isqueiros, além de um aparelho celular. Todo o material foi apreendido.

Os três suspeitos, dois homens e uma mulher, foram identificados e possuem passagens pela polícia por crimes como roubo, tráfico de drogas, furto, receptação e dano. Eles foram autuados em flagrante, presos e encaminhados à 76ª DP (Niterói), central de flagrantes, que fez o registro da ocorrência. O material apreendido também foi levado à distrital.

A banca de jornal passou por perícia após o arrombamento. Segundo dados iniciais, coletados pela Polícia Civil, a ação da última madrugada gerou prejuízo na casa dos R$ 10 mil.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.