Bairro de Fátima e Camboinhas registram maior queda no preço de venda dos imóveis

Raquel Morais –

O Sindicato da Habitação do Rio de Janeiro (Secovi Rio) divulgou os novos índices de variações dos valores para venda de imóveis em relação a novembro deste. Bairro de Fátima, Camboinhas e São Domingos foram os bairros com maiores quedas de valor para negociação: 9,86%, 9,66% e 8,64%, respectivamente. Quando o assunto é o valor do metro quadrado mais alto, Charitas continua liderando o ranking, com R$ 9.369. Já o lugar com a metragem mais barata em Niterói é Maria Paula, onde o metro quadrado é vendido por R$ 4.189.

Depois de Charitas os dois bairros mais valorizados, segundo o levantamento, foram Boa Viagem, com R$ 8.848 m², e São Francisco, com R$ 8.508. Dos 22 bairros destacados, apenas cinco tiveram os índices positivos e aumentaram o valor da metragem: Largo do Barradas (em novembro de 2016 custava R$ 4.038 e mesmo mês de 2017, R$ 4.261), Itacoatiara (em 2016 custava R$ 6.179 e R$ 6.443 este ano), Centro (novembro de 2016 custava R$ 5.493 e mesmo mês de 2017 R$ 5.622), Gragoatá (novembro de 2016 custava R$ 8.434 e mesmo mês de 2017 R$ 8.490) e Pendotiba (novembro de 2016 custava R$ 5.208 e mesmo mês de 2017 R$ 5.231).

Quando o assunto é locação, o bairro Boa Viagem foi o que apresentou maior queda de preço de janeiro a novembro de 2017. O metro quadrado que custava R$ 22 no primeiro mês de 2017, em novembro estava sendo comercializado por R$ 19,18, variação de 12,82%. Em São Domingos aconteceu o mesmo, de R$ 19,88 para R$ 17,62, variação de 11,36%. Já o bairro com valor mais caro para locação foi Charitas, com R$ 27,10m², seguido de Camboinhas (R$ 26,93) e São Francisco (R$ 22,50). Já a metragem mais barata ficou no Fonseca, com R$ 12,60m².

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

sete + 4 =